TV União Rádio União Impressas - PDF Interativo

Fala Sério! • 29 de maio de 2013 • 10h15

Olhando girassóis...

Por: A.J. Rettenmaier

Logo nos vem a pergunta, de que será que é verdade que ele acompanha o sol? E se faz, por quê? E fui investigar e descobri que é verdade sim, e o faz porque tem reação positiva a luz, e seu caule girando faz com que a flor acompanhe o sol enquanto houver sua luz e depois volta à posição normal. E mais. Suas flores representam dignidade, glória e paixão. Sugerem altivez com alegria, respeito e dignidade, trazendo muita energia positiva e vida aos ambientes. Mas eu continuo na dúvida. Será mesmo que representa e traz tudo isso? Eu não sei porque sua volta sempre à posição inicial do dia me sugere que sempre acaba no ponto de partida em tudo que representa e pode catalisar. Será que ao final do dia, que tudo o que ele poderia representar e trazer serviria para dizer “que à noite todos os gatos são pardos?” Ou será que depois de um dia inteiro distribuindo dignidade, glórias, paixões, alegrias, respeito, energias positivas e vida, a noite ele se recolhe e nos diz que “agora é tudo com você, eu fiz a minha parte!” Seríamos nós seres humanos também girassóis? Pelo menos alguns? Se alguns forem porque algumas vezes descobrimos que a imagem que se tinha não era tão perfeita? Quem sabe, porque estes girassóis talvez sejam falsos. De plástico por exemplo. Se forem, só posso chegar à conclusão de que gostamos de ser enganados, fugir da realidade, viver na ficção, que é melhor do que pagar o preço da ilusão. Estes por exemplo não tem sementes para alimentar pássaros, nem a nós seres humanos. Então só posso entender que nos alimentamos da mentira e passes de ilusionismo deles. Ou não? Sabem de que cheguei à conclusão de que é mesmo melhor ficar com o girassol real, que ao fim do dia volta a sua posição inicial deixando tudo comigo. E vou aproveitar bem a sua luminosidade porque ele não é de plástico e tem vida curta. Amanhã lhe cairão murchas as pétalas, seu caule cairá, abrindo espaço para nova flor que me trará sensações de novos sóis. É... É melhor continuar olhando girassóis, mas cuidado viu? Só os reais!

Antonio Jorge Rettenmaier, Cronista, Escritor e Palestrante. Esta crônica está em mais de cem jornais impressos e eletrônicos no Brasil e exterior.  Contatos, ajrs010@gmail.com  



Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário