TV União Rádio União Impressas - PDF Interativo

Agronegócio • 14 de novembro de 2017 • 07h11

Agricultores ainda podem participar do Projeto Rural Sustentável

Chamadas para Unidades Demonstrativas e Multiplicadoras encerram dia 30 de novembro

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e a Embaixada Britânica, com apoio do Instituto Brasileiro de Sustentabilidade e Desenvolvimento (IABS), lançaram no mês de outubro, chamada complementar de propostas direcionada para produtores rurais que queiram aplicar suas propriedades como Unidades Demonstrativas (UDs) no Projeto Rural Sustentável (PRS).

Para esta chamada, serão aceitas propriedades rurais de pequenos e médios produtores rurais que já adotam uma ou mais das quatro tecnologias de baixo carbono apoiadas pelo PRS. As propostas deverão ser submetidas em parceria com agentes de assistência técnica e no Paraná, estes municípios são: Bandeirantes, Primeiro de Maio, Paranavaí, Nova Londrina, Dois Vizinhos, Realeza, Francisco Beltrão e Verê.

Já a chamada de Unidades Multiplicadoras (UMs) tem como meta identificar 3.360 unidades de propriedades rurais de pequenos e médios produtores rurais. Eles devem adotar uma ou mais das quatro tecnologias de baixo carbono apoiadas pelo projeto e estão direcionadas a todos os municípios contemplados pelo projeto. No Paraná são as cidades de: Bandeirantes, Primeiro de Maio, Paranavaí, Nova Londrina, Dois Vizinhos, Realeza, Francisco Beltrão, Verê, Itapejara D’Oeste e Renascença.

Podem participar das Chamadas de Unidades Demonstrativas e Unidades Multiplicadoras, os pequenos e médios produtores que sejam beneficiários(as) ou elegíveis para crédito rural; com área de 04 a 15 módulos fiscais e renda agropecuária bruta anual de até R$1.760.000,00.

As propostas devem ser submetidas para avaliação no portal www.ruralsustentavel.org até o dia 30 de novembro, em parceria com um agente de assistência técnica que além de auxiliar o produtor, fará o acompanhamento na condução da tecnologia, caso as propostas sejam aprovadas. Os agentes (ATECs) devem ser indicados por entidades de assistência técnica (ATER) com atuação nos municípios objeto do Projeto. Ambos os cadastros (ATERs e ATECs) podem ser feitos, a qualquer momento, também no portal do projeto.

Tecnologias Apoiadas

 Sistema de integração Lavoura-pecuária- florestas (iLFP), incluindo Sistemas Agroflorestais (SAF);

 Plantio de Florestas Comerciais;

 Recuperação de Áreas Degradadas com Pastagem (RAD/P);

 Recuperação de Áreas Degradadas com Floresta (RAD/F);

 Manejo Sustentável de Florestas Nativas.

SOBRE OS BENEFÍCIOS E BENEFICIÁRIOS – Faz parte do pacote de benefícios aos produtores rurais aderentes ao projeto: assistência técnica direcionada; capacitações e bônus financeiro proveniente de doação direta. Outro grupo de beneficiários são os próprios agentes de assistência técnica que também poderão participar de capacitações sobre as tecnologias apoiadas, bem como bônus financeiro conforme figuras abaixo.

Chamada de Unidades Demonstrativas

Chamada de Unidades Multiplicadoras

O Rural Sustentável

 

O PRS é fruto de uma parceria entre o governo do Reino Unido, o governo do Brasil e o Banco Interamericano de Desenvolvimento, com foco em ações para o desenvolvimento da agricultura de baixa emissão de carbono nos biomas Mata Atlântica e Amazônia. O propósito é melhorar as práticas de uso da terra e o manejo florestal pelos pequenos e médios produtores rurais. O projeto incentiva o desenvolvimento rural sustentável e a conservação da biodiversidade, ao mesmo tempo que contribui no cumprimento dos objetivos do Plano de Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (Plano ABC).

Serviço:

 O prazo para a submissão de propostas técnicas: até 30 de novembro de 2017.

 Link de acesso para o Edital – Municípios selecionados, critérios de elegibilidade e o roteiro para a candidatura: http://www.ruralsustentavel.org/participe/

 Todo o processo de cadastramento, submissão e aprovação de propostas técnicas ocorrem via portal Rural Sustentável www.ruralsustentavel.org

Marcus Vinícius/Asimp



Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário