Crawler Detect

Sanepar dá dicas para evitar desperdício de água
TV União Rádio União Impressas - PDF Interativo

Geral • 09 de janeiro de 2018 • 08h34

Sanepar dá dicas para evitar desperdício de água

Manutenção e cuidados com a piscina são essenciais

 

Temperaturas elevadas provocam aumento no consumo de água e muitas vezes fazem com que as pessoas tenham atitudes que levam ao desperdício. Junto com banhos mais demorados, irrigação de jardins e lavagens de calçadas, o uso de piscinas particulares, principalmente as de plástico, pode surpreender os proprietários destes imóveis com a chegada da conta de água.

 

A quantidade de água usada em uma piscina de 5 mil litros, por exemplo, corresponde ao volume suficiente para abastecer uma família de até quatro pessoas por 15 dias.  Por causa disso, a Sanepar alerta os moradores com residências com piscina sobre a importância das manutenções constantes para garantir a qualidade da água e orienta para que a complementação do nível da piscina seja realizada fora dos horários de pico, antes das 10 horas da manhã ou à noite, depois das 22 horas.

 

No caso das piscinas plásticas, há outras duas dicas essenciais para quem quiser evitar desperdícios. Uma delas é cobrir a piscina quando ela não estiver sendo utilizada para evitar que sujeiras caiam na água, e, também, para evitar que a incidência da luz solar provoque a eutrofisação, processo que provoca a proliferação de algas na água e também a aparição de outras bactérias. Cobrir a piscina também evita que ela se transforme em foco do mosquito transmissor da dengue (Aedes aegypti).

 

A outra dica é não descartar todos os dias a água destas piscinas, evitando o gasto excessivo com a reposição da água. Considerando a perda na evaporação, principalmente em dias quentes, armazenar a água de chuva para a reposição também é uma boa solução. O ideal é implantar conectores nas saídas das calhas para direcionar a água da chuva. 

 

Em relação às piscinas de fibra ou alvenaria é essencial que elas tenham sistema de filtragem e que a limpeza seja realizada preferencialmente por profissionais especializados. A manutenção é garantia de saúde dos frequentadores e de economia de água.  

 

É importante que os moradores também reutilizem a água. Quando houver necessidade de descarte da água da piscina, o ideal é que a água seja armazenada em baldes e bacias para depois servir na lavagem de carros e calçadas, em vez de gastar novamente água tratada para essas atividades.

Asimp/Sanepar



Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário