TV União Rádio União Impressas - PDF Interativo

Agronegócio • 12 de fevereiro de 2018 • 14h25

Laboratórios brasileiros voltam a fazer sorologia da raiva para embarque de pets para UE

Medida facilita a emissão de certificados de viagem pelo Ministério da Agricultura

 

Donos de pets que pretendem viajar com seus bichinhos podem voltar a fazer exame em laboratórios brasileiros para comprovação de que cães, gatos ou furões estão imunizados contra a raiva. Na quinta-feira (07) a União Europeia atualizou a lista de laboratórios autorizados no país, credenciando o Instituto Pasteur, de São Paulo, e o TECSA Laboratórios Ltda, de Belo Horizonte. Ambos podem atestar que os animais estão imunizados contra a doença, por meio da realização de sorologia.

 

A comprovação é necessária para que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento emita o Certificado Veterinário Internacional exigido para embarque dos animais.  O trânsito de pets entre países exige documento emitido pela autoridade veterinária do país de origem aceito pelos países de destino, atestando condições e histórico de saúde do animal, além  do atendimento às exigências sanitárias. No Brasil, os documentos utilizados para essa finalidade são o CVI (Certificado Veterinário Internacional) e o Passaporte para Trânsito expedidos por auditores das unidades de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro).

 

A suspensão do exame pelo Laboratório de Zoonoses de SP, habilitado pela UE causou transtornos a brasileiros que precisaram viajar para a Europa, com seu animal de companhia. Os proprietários passaram a ter que enviar as amostras para o exame sorológico para um dos laboratórios credenciados no Chile, Portugal ou Estados Unidos.

 

A lista de laboratórios autorizados pela União Europeia pode ser conferida no link: http://ec.europa.eu/food/animal/liveanimals/pets/approval_en.htm
 

Para saber mais sobre o transporte de pets, acesse a página do ministério no link:
http://www.agricultura.gov.br/assuntos/vigilancia-agropecuaria/animais-estimacao
Asimp/Mapa
 



Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário