TV União Rádio União Impressas - PDF Interativo

Esportes • 13 de março de 2018 • 07h18

Londrina/Caixa tem quatro na seletiva da Gymnasiade

Maria Eduarda Gonçalves, Pedro Dalagrana, Heber de Lima e Pedro Luiz Tombolim brigarão por vagas na maior competição escolar do mundo

 

A equipe Londrina/Caixa/IPEC de atletismo tem quatro atletas convocados para a seletiva nacional da Gymnasíade, que acontece entre os dias 22 e 25 deste mês, em São Bernardo do Campo (SP). Os campeões em cada modalidade ganharão o direito de integrar a seleção brasileira que vai representar o país na edição 2018 da Gymnasiade, considerada a maior competição escolar do mundo.

 

Maria Eduarda Gonçalves (lançamento do disco), Pedro Henrique Dalagrana (400 metros) e Heber de Lima (arremesso de peso), todos alunos do Colégio Ética, além de Pedro Luiz Tombolim de Souza (1000 metros), do Colégio Monteiro Lobato (Cornélio Procópio), serão os representantes da equipe de Londrina na seletiva.

 

O técnico Gilberto Miranda destaca que a seletiva contará com atletas de todas as partes do Brasil, o que deve elevar o grau de dificuldade da competição. “A Gymnasíade é uma competição importante, que todos sonham participar. A seletiva será bem difícil, por isso vamos intensificar os trabalhos, acelerar a preparação para termos chances de conquistas as vagas”, comentou o treinador.

 

A edição 2018 da Gymnasiade será realizada em Marrakech, no Marrocos. A competição, considerada a maior festa do desporto escolar mundial, vai reunir atletas escolares de várias partes do mundo.

 

A primeira vez que a Gymnasiade aconteceu foi em 1974 na cidade de Wiesbaden na Alemanha. De lá para cá foram 16 edições do evento, que em 2013 foi realizado no Brasil. O evento é realizado e executado pela Federação Internacional do Desporto Escolar, em parceira com federações e confederações do mundo inteiro.

Rafael Souza/Asimp



Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário