TV União Rádio União Impressas - PDF Interativo

Saúde • 23 de março de 2018 • 11h07

“Dia D” de vacinação contra a dengue será realizado neste sábado (24)

As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da área urbana de Londrina estarão abertas, neste sábado (24), das 8 às 14 horas, para atender a população no “Dia D” da quarta etapa de vacinação contra a dengue. Haverá vacinação em 30 municípios do Paraná, integrando a campanha que é direcionada ao público da faixa etária de 15 a 27 anos. Nesta fase, serão atendidas prioritariamente as pessoas que precisam receber a segunda ou a terceira dose da vacina. Dessa forma, não serão iniciados novos esquemas de vacinação.

Para ampliar a abrangência da ação, neste mesmo dia estará instalada uma barraca de vacinação contra a dengue no Calçadão de Londrina, das 8 às 13 horas, em frente ao Banco do Brasil. No local, os trabalhos serão feitos pelas equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e da Secretaria de Estado da Saúde (SESA).

Durante o “Dia D”, as unidades também realizarão procedimentos como coleta de citopatológico de colo de útero, exame clínico das mamas, solicitação de mamografia, para pacientes que se enquadram nos critérios exigidos, além de vacinação contra o HPV para meninos de 11 a 14 anos e meninas de 9 a 14 anos. Além dos atendimentos na área urbana, as UBSs dos distritos de Guaravera e Lerroville também irão oferecer os mesmos serviços.

A diretora de Vigilância em Saúde da SMS, Sônia Fernandes, enfatizou que a extensão das atividades tem como finalidade chamar a atenção da população para a importância da imunização contra a dengue e aplicar o maior número possível de doses no público-alvo da campanha. Em Londrina, a meta é vacinar 25.107 jovens. “Por meio do Dia D, o Município oferece no sábado um horário flexível e de acesso mais fácil para os jovens inseridos na faixa etária da campanha. As equipes atenderão, especificamente, as demandas elencadas para este dia e esperamos que a população compareça e ajude a divulgar as ações É importante lembrar que não serão feitas as doses iniciais para um novo esquema de vacina”, afirmou.

A quarta etapa da campanha de vacinação contra a dengue foi lançada no dia 20 de março e prossegue até o dia 28 de abril. A vacina está sendo disponibilizada em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Londrina - zona urbana e rural - de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas. Para ser imunizado, o cidadão precisa apresentar documento de identidade, que é obrigatório, e a carteira de vacinação.

Outras ações – A partir da semana que vem, a Saúde também irá desenvolver atividades da quarta etapa de vacinação em diferentes espaços de Londrina. A Universidade Estadual de Londrina (UEL) ofertará as doses para estudantes, funcionários e público em geral, dentro da idade exigida. Na segunda-feira (26) e terça-feira (27), os trabalhos estão centralizados no Restaurante Universitário (RU), das 9 às 19 horas. Já na quarta-feira (28) a ação migra para a área do Hospital Universitário (HU), na sala 515, prédio 3 do CCS. Neste espaço os atendimentos serão das 8 às 17h30.

Outras duas instituições de ensino superior terão vacinação. Nos dias 26 e 27 de março, as faculdades Inesul e PUC realizam as doses da campanha em seus períodos de aula.

As atividades descentralizadas também irão ocorrer ao longo da campanha, envolvendo espaços de grande circulação, além de empresas e entidades. Os interessados em participar devem entrar em contato com a UBS mais próxima de sua região para obter os detalhes necessários.

Conscientização – Antes do “Dia D”, o setor de Endemias da SMS promove um mutirão educativo para mobilizar os moradores e comerciantes do Jardim Maringá, na região oeste de Londrina. A ação ocorrerá, das 8h30 às 14 horas, em parceria com a associação de moradores do bairro e o ponto de encontro será a sede do órgão, localizada na Rua René Descartes, 381.

Cerca de 10 agentes de endemias farão um trabalho de divulgação na prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti. O objetivo é conscientizar os moradores da região sobre a importância de armazenar os lixos de forma adequada para evitar a proliferação deste vetor transmissor e de outras endemias.

Sobre a vacina - A vacina tetravalente contra a dengue protege contra quatro subtipos virais da doença. A imunização é completa após a aplicação de três doses, com intervalo de seis meses entre elas, e não podem ser aplicadas em conjunto com vacinas para outras doenças. Ela não pode ser aplicada em gestantes; mulheres que amamentam; pessoas com baixa imunidade congênita ou adquirida; e pessoas em tratamento com corticoides em dosagens elevadas e prolongadas.

Números da dengue – A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) divulgou nesta quinta-feira (22) o resumo semanal com os dados sobre a dengue em Londrina. Do início do ano até o momento, foram registradas 947 notificações relacionadas à doença. Deste total, seis casos foram confirmados, 525 descartados e outros 416 estão em andamento, aguardando o resultado de exames laboratoriais.

N.com



Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário