TV União Rádio União Impressas - PDF Interativo

Cultura • 07 de novembro de 2018 • 08h47

Sábado de Rock na Concha Acústica de Londrina

No próximo sábado (10), a partir das 15h, a Concha Acústica de Londrina volta a ecoar toda a força e virtuosidade da cena autoral que provém da terra vermelha.

Após o grande sucesso do Dia Mundial do Rock, realizado no dia 21 de julho, o lendário Paulão Rock N’ Roll traz mais uma dose do evento. Desta vez como um tributo à celebração do gênero que transformou totalmente a história da música.

 

Seis bandas foram escaladas para o espetáculo gratuito, que tem patrocínio da Prefeitura de Londrina, através do Promic. Algumas já são referências musicais na cidade. Como a  Dominus Praelii, que tem quase 20 anos de estrada e 3 álbuns na carreira. O grupo traz um som pesado, agressivo e que exalta o bom e verdadeiro Heavy Metal. Já representou o Brasil fazendo turnê por todo o País e diversas nações da América Latina. Além disso, levou sua música para Europa e Japão.

 

Da nova safra de grandes talentos, surge uma força feminina, diretamente do noroeste paranaense e que faz sua estreia em Londrina. As garotas do Red Velvet prometem muito rock clássico e empoderamento feminino. O repertório traz interpretações de bandas como Led Zepellin, Deep Purple, Judas Priest e AC/DC.

Mas o grupo, formado em 2015, também traz suas primeiras canções autorais. Prestes a lançar o primeiro EP da carreira, a banda deve apresentar, em primeira mão, o novo single “Superficial”.

 

Apesar dos obstáculos que um grupo formado por mulheres pode ter, o quarteto vem se destacando na cena autoral do rock. Red Velvet já dividiu palco com bandas reconhecidas, como Motorocker, DeadFish e Matanza. “A luta por espaço na música é dobrada, mas a gente não recua nem abaixa a cabeça. Tocar ao lado dessas bandas foi só uma prova de que desistir não está nos nossos planos”, avalia Luana.

Outra presença ilustre e que traz uma sonoridade apurada à concha, é a banda Amioácido. Com uma musicalidade que passeia pelo jazz, rock progressivo, funk e “zappa music”, a banda é um grande expoente da música londrinense. Já participou de grandes festivais, como Psicodália, Demosul e Congresso Bruxólico. Tem dois álbuns autorais de extrema qualidade.

 

Também representando o Heavy Metal,  o trio Hellway Patrol traz um som pesado e agressivo, mas de caráter único.

 

O Tributo ao Dia Mundial do Rock ainda vai contar com o rock, groove e soul do Hermano Eletrix e o psychobilly do Frenetic Trio.

 

Além de curtir essa variedade sonora, o público está convidado a colaborar com a Ong SOS Vida Animal, com a doação de rações, que serão arrecadadas no dia do evento.

 

Dia do Rock

 

O Dia Mundial do Rock surgiu a partir de um evento realizado em 1985. Em 13 de julho daquele ano, os músicos Bob Geldof e Midge Ure organizaram a primeira edição do Live Aid, um concerto de rock com o objetivo de arrecadar fundos em prol dos famintos da Etiópia.

 

O festival foi realizado simultaneamente na Inglaterra e Estados Unidos e reuniu uma variedade, até então nunca vista em um mesmo evento, de grandes bandas e artistas, como Queen, The Who, U2, David Bowie, Led Zeppelin, Black Sabbath, Bob Dylan, Paul McCartney e Eric Clapton. O baterista do Genesis, Phil Collins, também participou da festa e sugeriu que a data 13 de julho deveria ser conhecida como dia Mundial do Rock. Sugestão acatada pelos fãs, músicos e produtores que celebram da melhor forma possível:  com muito Rock N’ Roll!

João Fortes/Asimp

Clique nas fotos para ampliar

Aminoacido - Foto: Lucas Klepa
Hellwaypatrol - Foto: Lucas Klepa


Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário