Jornal União
Londrina, 23 de outubro de 2014 | Previsão do tempo para hoje » Máxima de 32º e Mínima de 14º, Predomínio de Sol

Nova empresa de tecnologia gera 171 empregos em Londrina

Prefeito Barbosa Neto anunciou a Veríssimo, que já está atuando na cidade, na fabricação de chicotes elétricos e montagens eletromecânicas

Londrina se consolida cada vez mais como um pólo de tecnologia. Há 15 dias em funcionamento na cidade, a Veríssimo, empresa de chicotes elétricos e montagens eletromecânicas, já gera 171 empregos diretos. Ontem (6) o prefeito Barbosa Neto, o presidente do Instituto de Desenvolvimento (Codel), Kentaro Takahara, e o empresário Flavio Veríssimo, anunciaram ações de parceria e incentivo fiscal.

A empresa está operando em um barracão de 4 mil metros quadrados, localizado na avenida Tiradentes, 5.267. Com base na Lei Municipal de Incentivo, 5.669/93, a Prefeitura de Londrina será a responsável pelo pagamento de 60% do aluguel do imóvel, que custa R$ 20 mil mensais, durante dois anos. Além disso, caberá ao Município localizar uma nova área para a construção de um ramo da empresa especializado em fabricação de lâmpadas LED para refrigeradores.

Conforme explicou o prefeito Barbosa Neto, os investimentos da prefeitura serão compensados, tanto na criação de novos postos de trabalho, quanto na arrecadação em impostos. “Temos uma previsão de arrecadação anual de R$ 6 milhões em impostos”, calculou. “Recebemos a Veríssimo de braços abertos e estamos muito felizes de ver o momento favorável que vive a cidade de Londrina”, observou o prefeito.

O empresário Flavio Veríssimo disse que os principais motivos da escolha de Londrina para a instalação do empreendimento são: a localização próxima dos grandes centros do país; proximidade com importantes clientes da empresa; questões de logística e infraestrutura; além de oferta de mão-de-obra técnica especializada, fornecida pelas instituições de ensino superior.

“Estamos felizes em investir nesta cidade, que é uma cidade diferenciada. Viemos para crescer no ritmo de Londrina e junto com ela”, declarou o empresário. Até o momento, segundo Veríssimo, foram investidos cerca de R$ 3 milhões para o início das operações. Para este ano, a expectativa de faturamento é de aproximadamente R$ 30 milhões, com previsão de crescimento de 10% ao fim do próximo ano.

Entre os profissionais contratados, estão engenheiros, administradores, contadores, psicólogos, profissionais de Tecnologia de Informação (TI), eletrotécnicos, além de mão de obra direta especializada em elétrica. “Não tivemos dificuldades em encontrar esses profissionais na região”, observou Flavio Veríssimo.

A empresa produz chicotes elétricos e montagens mecânicas para a linha de elevadores, refrigeração comercial e empilhadeiras, para clientes como Atlas Schindler, Fast Gondola e Thermo King (Londrina); ESA e Usimeca Caminhões de Lixo (Rio de Janeiro); Gelopar e Injections Parts Automotiva (São Paulo), entre outras.

O presidente da Codel, Kentaro Takahara, classificou a entrada da Veríssimo como “reflexo de um momento importante e especial vivido por Londrina”. Ele citou diversas iniciativas da administração Barbosa Neto, como a reformulação do Plano Diretor, a criação do Plano de Saneamento, leis como a Geral da Micro e Pequena Empresa, ISS Tecnológico e Cidade Limpa, as Salas do Contador e do Empreendedor, além das negociações para ampliação do aeroporto, que já estão em estágio avançado entre Prefeitura de Londrina, Infraero e Governo do Paraná.

“A administração Barbosa Neto está fazendo sua parte e todos estão percebendo seu empenho para o progresso de Londrina. Temos empresários internacionais demonstrando interesse em investir em Londrina”, relatou Takahara. O coordenador Regional da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Ary Sudan, elogiou a postura do prefeito e da Codel na busca pelo desenvolvimento de Londrina. “A Codel desempenha na atual gestão papel maravilhoso, com uma equipe competente e que trabalha com entusiasmo”, afirmou.

Também participaram do evento os vereadores Tito Valle, Ivo de Bassi, Joaquim Donizete do Carmo, o Gaúcho Tamarrado, e representantes de várias classes da sociedade civil organizada de Londrina.

(NC/PML)

 

Opiniões e Comentários

Nenhuma opinião encontrada. Seja o primeiro a comentar.

Envie sua opinião

Para enviar suas opiniões você precisar ser um usuário cadastrado.
Caso já tenha seu cadastro digite seu e-mail e sua senha no formulário no topo do site.
Caso ainda não seja cadastrado, clique aqui para inscrever-se.

Envie esta informação para um amigo

Convide um amigo para ler essa notícia:





Jornal União Online

Edição atual

Ano: 290

Número: XX

Visualizar

Veja aqui as
edições anteriores »





Jornal União - Notícias de Londrina e região.


2009-2014 © 2009-2014 © Todos os Direitos Reservados.
Editora Camargo Ltda - Av. Serra da Esperança, 577 - Londrina - Paraná - 86065-090
Fone: (43) 3327-3242
Desenvolvido e Hospedado por Cedilha Comunicação Digital