Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima que a safra 2021/2022 deve alcançar 288 milhões de toneladas, o que representa um crescimento de 14,2% em comparação com a produção anterior, enquanto a previsão de área a ser cultivada é de 71,5 milhões de hectares, uma alta de 3,6% ante 2020/2021. Esses dados mostram que o agronegócio nacional tem o desafio anual de aumentar sua produção sem uma ampliação expressiva da área plantada.

Um importante aliado nesse aspecto é a adubação racional e eficiente de fertilizantes, que contribui tanto para o aumento da produtividade como para a garantia da qualidade das diferentes culturas, assegurando alimentos nutritivos para a população brasileira e mundial. A indústria oferece produtos que permitem condições de manejo ideias para serem ajustadas às diferentes situações agrícolas, proporcionando eficiência e acréscimos de produtividade por unidade de quantidade de adubo usada.

Outra questão primordial é que a aplicação de fertilizantes colabora na competitividade do agronegócio no mercado global e, consequentemente, na rentabilidade dos produtores rurais brasileiros. A adubação assertiva trabalha para a correção nutricional do solo, contribuindo na melhora da resistência e saúde das plantas e promovendo uma melhor absorção dos nutrientes. Como resultado, há a ampliação da quantidade de sacas produzidas em uma mesma área plantada, e o atendimento das demandas por alimentos seguros e com mais qualidade.

Além disso, o correto manejo nutricional do solo é uma medida importante para a captação de carbono, o que significa que os fertilizantes também contribuem para a preservação do meio ambiente e para a mitigação dos efeitos do aquecimento global.

A importância do mercado de fertilizantes para o desenvolvimento sustentável do agronegócio brasileiro será discutida no dia 23 de novembro, a partir das 9h00, durante o 8º Congresso Brasileiro de Fertilizantes, que é considerado um dos principais eventos do calendário nacional, organizado e promovido pela ANDA – Associação Nacional para Difusão de Adubos.

Nesta edição, são esperadas mais de 1500 pessoas inscritas, entre os principais formadores de opinião, executivos que atuam no mercado brasileiro e internacional de fertilizantes, além de profissionais, técnicos, acadêmicos e demais públicos ligados ao agro. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site oficial: www.congressoanda.com.br.

O evento online contará com três painéis: “Mercado Brasileiro e Mundial de Fertilizantes”, “A Economia no Brasil e as Expectativas para o Agronegócio” e “Logística e Infraestrutura como Desenvolvimento do Agro Brasileiro”, com a participação de renomados especialistas como palestrantes, debatedores e coordenadores em cada painel.

O 8º Congresso Brasileiro de Fertilizantes marcará ainda o lançamento oficial do Prêmio “Carlos Florence”.

Mecânica de Comunicação

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.