Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA), em convênio com a Vigilância Sanitária, está oferecendo o curso de Manipulação de Alimentos. Tradicionalmente, as atividades promovem a qualificação de profissionais que trabalham com alimentos, desde a coleta e armazenamento até o preparo para servir ao consumidor. A atividade obedece à lei municipal 6.793 de 1996, que torna obrigatório o treinamento em higiene de alimentos para todos esses trabalhadores. Assim, quem atua neste setor aprende a executar práticas higiênicas e a preservar a qualidade dos produtos, e recebe, após o término, um certificado. Somente em 2014 foram formadas 15 turmas do curso, e outras três o realizam até o fim do ano.

O conteúdo programático envolve estudos sobre a contaminação dos alimentos, higiene pessoal, equipamentos e ambiente; boas práticas de produção; qualidade das matérias-primas; normas de processamento e armazenamento de matérias-primas e produtos acabados. As aulas ocorrem no Centro de Educação Ambiental (CEA), na rua da Natureza, 155, Parque Arthur Thomas, jardim Piza. Ainda este ano três turmas serão formadas, de 11 a 13 de novembro; 25 a 27 também em novembro e de 16 a 18 de dezembro. O curso é realizado sempre das 14h às 17h. A inscrição deve ser feita pelo telefone (43) 3372-4786 e para completá-la, no início do curso os inscritos devem levar um documento original com foto.

As aulas são ministradas pela economista doméstica e diretora de Abastecimento da SMAA, Maria Inez Passini Lima. Segundo ela, quando o curso foi estabelecido, em 1997, a intenção era atender os profissionais da Feira do Produtor, mas, após as exigências da Vigilância Sanitária, as vagas foram estendidas a um público maior. “Existe uma gama grande de pessoas que participam do curso. A maioria são as que trabalham com os alimentos, principalmente no comércio em cafeterias, supermercados, restaurantes e feirantes. Mas qualquer cidadão pode fazer, pois este poderá ter um melhor conhecimento acerca do que consome.”


Aproveitando bem os alimentos

Outro curso oferecido pela Secretaria de Agricultura é o de Aproveitamento de Alimentos. O foco são receitas fáceis, econômicas e nutritivas. São ensinadas receitas que visam o melhor aproveitamento dos alimentos, apresentando inúmeras variações que extraem o melhor de cada um deles. O curso mostra, por exemplo, como aproveitar propriedades nutritivas existentes em cascas e talos de legumes e verduras, muitas vezes descartados pelas pessoas. Além disso, reúne orientações sobre preparos como sopas, bolos, tortas, arroz, massas, bolinhos, purês, entre tantas outras receitas deliciosas e econômicas.

Tudo isso ganha ênfase na apostila “Dicas Especiais de Aproveitamento de Alimentos”, onde Maria Inez ensina receitas e preparos para todos os gostos e saudáveis para qualquer bolso. O conteúdo pode ser acessado pelo link http://www1.londrina.pr.gov.br/dados/images/stories/Storage/sec_agricultura/Apostila%20-%20Aproveitamento.pdf

Conheça algumas dicas disponíveis na apostila

-Sobras de arroz transformam-se em um delicioso “arroz chinês”, basta fritar 1 cenoura ralada, 1 cebola, misturar tudo e colorir com cheiro verde.

-Quando você for fazer bolinhos de carne e não tiver ovos (ou não puder consumir) substitua por batata amassada. Cada ovo deve ser substituído por uma batata.

-Para engrossar mais rápido o molho de tomate, cozinhe a parte alguns  chuchus até desmanchar bem. Passe -os pela peneira e junte ao molho.

-Dê preferência ao consumo de hortaliças e frutas cruas e com a casca, sempre que possível, depois de bem lavadas.

-Sobra de carnes, peixes e hortaliças transformam-se em recheios para tortas, sanduíches, omeletes, sopas, croquetes, risotos, saladas, cuscuz, pirão e farofas.
-As cascas de ovos são ricas em cálcio. Lave bem e ferva por 10 minutos. Seque ao sol. Triture até ficar como um talco. Use pitadas. Guarde em vidro fechado por 2 meses.

-Os talos de verduras (couve, agrião, repolho. couve-flor) devem ser aproveitados. Cozinhe e misture ao molho branco ou refogue com tempero e ovos batidos.

Núcleo de Comunicação/PML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios