Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Neste ano, 25 produtores da agricultura familiar serão contemplados no programa contratado pela prefeitura com subsídio do Sebraetec

Vinte e cinco produtores rurais da agricultura familiar de Arapongas, no norte do Paraná, receberão assistência técnica e especializada para transformar a produção de alimentos convencional em orgânica. A iniciativa é da prefeitura municipal, por meio das secretarias de Agricultura, Serviços Públicos e Meio Ambiente e da Segurança Alimentar e Nutricional, e contará com subsídio do Sebraetec, programa do Sebrae/PR voltado para a inovação nos negócios.

A diretora de Agricultura e Desenvolvimento Sustentável de Arapongas, Vicky Vergara Lopes, explica que será lançado um edital para que produtores vinculados a associações e cooperativas do município se candidatem a uma vaga no projeto. Ela explica que, por lei, até 2030, a merenda escolar nas escolas das redes municipal e estadual deve ser produzida apenas com alimentos orgânicos. De olho nessa demanda, a prefeitura decidiu iniciar a capacitação de agricultores desde já. “É um processo lento. Os agricultores precisarão de apoio técnico que, sozinho, o município não consegue oferecer”, afirma.

A produção de orgânicos também será destinada ao Sacolão Municipal de Arapongas, que está em processo de implantação. Com tecnologias alternativas de produção, o município visa garantir maior segurança alimentar e nutricional para a população, além de buscar a viabilidade econômica da atividade em equilíbrio com aspectos sociais e ambientais. “É um projeto que pretendemos dar continuidade nos próximos anos, conforme a adaptação dos agricultores”, aponta Vicky.

Empreendedorismo

Dentro do planejamento de desenvolvimento econômico do município, a Prefeitura de Arapongas e o Sebrae/PR também renovaram o convênio do programa Cidade Empreendedora, que prevê o atendimento aos microempreendedores individuais (MEI) pela Sala do Empreendedor. Neste ano, porém, os serviços foram ampliados. “Agora, as microempresas e empresas de pequeno porte também terão acesso a cursos, oficinas e consultorias da instituição dentro Centro de Negócios”, afirma a consultora do Sebrae/PR, Cinara Tozatti.

O secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Nilson Carlos Stefani Violato, explica que o Centro de Negócios funciona dentro da Associação Comercial e Empresarial de Arapongas (Acia). “Nosso programa de trabalho engloba quatro frentes, o parque tecnológico; as trilhas para negócios, inovação e tecnologia; apoio às startups, incubadoras e aceleradoras; e o Centro de Negócios”, conta. Todas as ações são focadas na melhoria do ambiente de negócios com foco no desenvolvimento local.

Asimp/Sebrae/PR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.