Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Neste ano, 25 produtores da agricultura familiar serão contemplados no programa contratado pela prefeitura com subsídio do Sebraetec

Vinte e cinco produtores rurais da agricultura familiar de Arapongas, no norte do Paraná, receberão assistência técnica e especializada para transformar a produção de alimentos convencional em orgânica. A iniciativa é da prefeitura municipal, por meio das secretarias de Agricultura, Serviços Públicos e Meio Ambiente e da Segurança Alimentar e Nutricional, e contará com subsídio do Sebraetec, programa do Sebrae/PR voltado para a inovação nos negócios.

A diretora de Agricultura e Desenvolvimento Sustentável de Arapongas, Vicky Vergara Lopes, explica que será lançado um edital para que produtores vinculados a associações e cooperativas do município se candidatem a uma vaga no projeto. Ela explica que, por lei, até 2030, a merenda escolar nas escolas das redes municipal e estadual deve ser produzida apenas com alimentos orgânicos. De olho nessa demanda, a prefeitura decidiu iniciar a capacitação de agricultores desde já. “É um processo lento. Os agricultores precisarão de apoio técnico que, sozinho, o município não consegue oferecer”, afirma.

A produção de orgânicos também será destinada ao Sacolão Municipal de Arapongas, que está em processo de implantação. Com tecnologias alternativas de produção, o município visa garantir maior segurança alimentar e nutricional para a população, além de buscar a viabilidade econômica da atividade em equilíbrio com aspectos sociais e ambientais. “É um projeto que pretendemos dar continuidade nos próximos anos, conforme a adaptação dos agricultores”, aponta Vicky.

Empreendedorismo

Dentro do planejamento de desenvolvimento econômico do município, a Prefeitura de Arapongas e o Sebrae/PR também renovaram o convênio do programa Cidade Empreendedora, que prevê o atendimento aos microempreendedores individuais (MEI) pela Sala do Empreendedor. Neste ano, porém, os serviços foram ampliados. “Agora, as microempresas e empresas de pequeno porte também terão acesso a cursos, oficinas e consultorias da instituição dentro Centro de Negócios”, afirma a consultora do Sebrae/PR, Cinara Tozatti.

O secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Nilson Carlos Stefani Violato, explica que o Centro de Negócios funciona dentro da Associação Comercial e Empresarial de Arapongas (Acia). “Nosso programa de trabalho engloba quatro frentes, o parque tecnológico; as trilhas para negócios, inovação e tecnologia; apoio às startups, incubadoras e aceleradoras; e o Centro de Negócios”, conta. Todas as ações são focadas na melhoria do ambiente de negócios com foco no desenvolvimento local.

Asimp/Sebrae/PR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios