Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Evento acontece nesta terça e quarta em Cambé

“Tecnologia e conhecimento a favor da produtividade” é a proposta da segunda edição do Dia de Campo da GDM, que será realizado nos dias 19 e 20 de Janeiro, na sede da empresa em Cambé/PR. São esperados cerca de 600 participantes da região que poderão conhecer melhor o trabalho realizado pelo grupo que faz da Brasmax e DONMARIO empresas referência em genética no país.

Ao longo de 8.000 m² de área cultivada, os visitantes percorrerão um circuito formado por cinco estações. A primeira, da GDM, apresentará os trabalhos realizados pela empresa em pesquisa e desenvolvimento, e reforçará o compromisso da empresa em entregar os melhores produtos ao agricultor, por meio de uma genética de ponta.

A segunda, será voltada exclusivamente para o tema Qualidade de Sementes. Lá serão apresentadas informações que ajudarão o produtor a obter melhores resultados no campo. Em seguida, Brasmax apresenta o posicionamento técnico de seus lançamentos para a safra 2015/16 e mostra a importância da marca na evolução das cultivares brasileiras, desde seu surgimento.

Na sequência, a DONMARIO também expõe seus lançamentos e leva ao público um trabalho que mostrará como a velocidade de semeadura, dessecação de plantio e o espaçamento podem impactar na produtividade. Na última estação, uma novidade: A empresa de máquinas John Deere participará apresentando um sistema de distribuição de semente que está sendo trazido para o Brasil, chamado de Taxa Variável de Semente. Este sistema, segundo a John Deere, visa diminuir custos de produção e aumentar a produtividade da área.

O Gerente Comercial Marcelo Steffen ressalta que o Dia de Campo GDM é um evento muito importante, por permitir a aproximação da Brasmax e DONMARIO com agricultores, consultores, técnicos e parceiros. “Através deste evento podemos mostrar ao público nosso trabalho diário e do foco que a empresa dá em pesquisa e melhoramento. Também buscamos mostrar no campo as melhores práticas de manejo, visando alcançar um incremento de produtividade”, afirma.

Sarah Ribeiro Pereira /Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios