Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Entre janeiro e dezembro do ano passado, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) doou 46,1 mil toneladas de alimentos, sendo que 34 mil t foram entregues a diversas populações em situação de insegurança alimentar e nutricional. As ações da estatal também alcançaram a assistência a outros países.


As doações internas seguiram para comunidades de acampados (12.969 t), de quilombolas (5.497 t), de terreiros (2.026 t), atingidos por barragens (2.335 t), indígenas (7.002 t), marisqueiras, caranguejeiras e pescadores artesanais (354 t) e vítimas de calamidades (653 t). Houve ainda 3.145 t entregues a demais comunidades.


Em relação à quantidade de cestas, a distribuição ficou assim: 580 mil unidades para acampados, 253 mil para quilombolas, 92 mil para terreiros, 101 mil para atingidos por barragens, 310 mil para indígenas, 17 mil para marisqueiras, caranguejeiras e pescadores artesanais e 29 mil para vítimas de calamidades. Além destas, também foram destinadas 106 mil unidades a outras comunidades. Estas ações correspondem a quase 1,5 mil cestas doadas e um total de 353 mil famílias beneficiadas naquele período.


No tocante à ajuda humanitária internacional, 12,1 mil t de alimentos seguiram para países que enfrentaram crises de abastecimento por diversas razões. Estas doações foram destinadas à Cisjordânia (452 t), Gaza (7.071 t), Nicarágua (600 t), Líbano (795 t), Síria (2.451 t) e Jordânia (731 t).

Asimp/Conab
 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios