Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Oito produtos vão receber bônus do Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF) em estados do Norte, Nordeste, Sudeste e Sul este mês. Na lista publicada no Diário Oficial da União na sexta-feira (9) estão relacionados abacaxi (Alagoas), açaí (Acre), cará e inhame (Espírito Santo), juta e malva (Amazonas) e maracujá e uva (Santa  Catarina).

O cálculo do prêmio é feito pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), com base no valor médio dos produtos praticado pelo mercado no mês anterior. A inserção da juta, malva, uva e do açaí na lista de bonificação deve-se à concentração da colheita no período e, como decorrência, a elevação da oferta e pressão negativa nos preços.

Os bônus correspondentes são de 1,82% para a uva, com base num preço médio de mercado R$ 1,08 e preço de garantia de R$ 1,10 o quilo do produto, e de 0,33% para a juta e malva, com preço de mercado de R$ 3 e, de garantia de R$ 3,01 o quilo da fibra. Na sequência, vêm açaí (3,20%), cará e inhame (14,88%) e maracujá (12,09%).

Já o preço do abacaxi, com bônus de 6,25%, reflete a baixa qualidade do produto que se encontra em fase final de safra. Mas a maior bonificação foi mesmo para a castanha-de-caju do estado de Pernambuco (29,15%), onde o preço de garantia é de R$ 3,98, para um preço médio de mercado de R$ 2,82. Ao lado vêm a castanha produzida também na Paraíba e Piauí que, junto com a banana dos dois primeiros estados, permanecem na lista deste mês.

Asimp/Conab

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.