Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Os agricultores familiares paranaenses entregarão a partir deste mês cerca de 17,8 toneladas de polpas de frutas a entidades assistenciais do estado, beneficiando pessoas que se encontram em situação de insegurança alimentar e nutricional. As doações ocorrem por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), na modalidade de apoio à Formação de Estoque (CPR-Estoque), operacionalizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

As polpas serão entregues nos municípios de Apucarana, Barboza Ferraz, Cambé, Campo Mourão, Centenário do Sul, Corumbataí do Sul, Faxinal, Ivaiporã, Mato Rico, Pitanga, Rolândia, Palmeira, Piraí do Sul, Tibagi, Bela Vista do Paraíso, Carambeí e Arapoti. Com a ação, cerca de 80 agricultores da Cooperativa Agroindustrial de Produtores de Corumbataí do Sul e Região (Coaprocor) serão beneficiados.

As instituições que receberão os produtos devem ter registro no Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, Público do PAA, Cooperativas, Associações e demais Agentes (Sican) da Conab, além de estar apta a recepcionar a doação. O apoio à Formação de Estoque pela agricultura familiar conta com recursos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e tem por finalidade dar suporte financeiro à constituição de estoques de alimentos por organizações agrícolas familiares, visando a agregação de valor à produção e sustentação de preços.

As resoluções do grupo gestor do programa autorizaram, no âmbito dessa modalidade, a liquidação do débito em produto para as Cédulas de Produtor Rural com vencimentos em 2020 e 2021. O objetivo é estabelecer medidas emergenciais de amparo aos agricultores familiares, em razão da pandemia de COVID-19.

Ascom/Conab

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.