Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Os agricultores paranaenses de batata doce, maçã e banana estão recebendo menos pela venda de seus produtos. O avanço da colheita nas regiões produtoras influenciou na queda de 29% , 23% e 18,8% nas cotações praticadas em abril para o tubérculo e as frutas respectivamente. Segundo análise do mercado local realizada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), os produtos com maior desvalorização foram a batata doce e a maçã, dentre aqueles avaliados.

Já a queda no preço da banana ocorre mesmo em período de entressafra que se estende até setembro. A fraca demanda pela variedade prata e o excedente da nanica provocaram uma redução no preço recebido pelo produtor por essa fruta. A tendência para o mês de maio é de manutenção dos preços, reflexo do consumo retraído.

Em contrapartida, o milho que já estava com preço em patamares elevados, registrou mais um aumento de cerca de 16%. Com estoques mundiais ajustados, as cotações internacionais para o cereal subiram, o que traz reflexo no mercado interno. Além disso, houve aumento na demanda chinesa e o dólar continua valorizado, o que aumenta a competitividade e a demanda internacional pelo milho brasileiro, refletindo nas cotações pagas aos produtores.

Ascom/Conab

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.