Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Os agricultores paranaenses de batata doce, maçã e banana estão recebendo menos pela venda de seus produtos. O avanço da colheita nas regiões produtoras influenciou na queda de 29% , 23% e 18,8% nas cotações praticadas em abril para o tubérculo e as frutas respectivamente. Segundo análise do mercado local realizada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), os produtos com maior desvalorização foram a batata doce e a maçã, dentre aqueles avaliados.

Já a queda no preço da banana ocorre mesmo em período de entressafra que se estende até setembro. A fraca demanda pela variedade prata e o excedente da nanica provocaram uma redução no preço recebido pelo produtor por essa fruta. A tendência para o mês de maio é de manutenção dos preços, reflexo do consumo retraído.

Em contrapartida, o milho que já estava com preço em patamares elevados, registrou mais um aumento de cerca de 16%. Com estoques mundiais ajustados, as cotações internacionais para o cereal subiram, o que traz reflexo no mercado interno. Além disso, houve aumento na demanda chinesa e o dólar continua valorizado, o que aumenta a competitividade e a demanda internacional pelo milho brasileiro, refletindo nas cotações pagas aos produtores.

Ascom/Conab

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios