Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Agronegócio 07/04/2017  16h12

Criadores do Mangalarga Marchador reúnem 120 animais para julgamento

Exposição está agendada para sexta, sábado e domingo, das 9 às 18 horas, no Parque Governador Ney Braga

A Exposição Mangalarga Marchador (julgamento) está agendada para sexta, sábado e domingo, das 9  às 18 horas, na pista equestre Família Romanelli, no Parque Governador Ney Braga. São 120 cavalos de criadores do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e São Paulo.

No julgamento são avaliados os dados de morfologia do animal. Ele é leve, mas não deixa de ser forte e musculoso. O conjunto de frente mostra leveza, com a cabeça triangular e o pescoço piramidal. O tronco é forte, com costelas bem arqueadas. Nos membros, os tendões são vigorosos e bem delineados. É um cavalo mediolíneo, com altura mínima de 1,47 e máxima de 1,57 metro, sendo 1,52 a altura ideal.

De acordo com  Luciano Rocha, coordenador de eventos do Núcleo dos Criadores do Cavalo Marchador Mangalarga no Paraná, no Brasil existem hoje 30 mil associados ativos na Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Mangalarga Marchador. A entidade realiza mais de 200 eventos por ano. “É a maior raça do Brasil”, diz Luciano, acrescentando que o animal é bastante utilizado na lida com o gado e também na equoterapia, cavalgadas, exposições e provas funcionais.

Originário do Sul do Estado de Minas Gerais, o Mangalarga Marchador tem como função principal a marcha, que é distinta das outras encontradas nos demais marchadores do mundo. O andamento genuíno é acompanhado de outras importantes características. Com temperamento ativo e dócil, o animal pode ser montado por pessoas de qualquer faixa etária e nível de equitação; a resistência é outra característica, pois ele tem grande capacidade para percorrer longas distâncias e enfrentar desafios naturais; a inteligência é outro traço, já que seu adestramento é fácil e rápido em relação a outras raças de sela; pela sua rusticidade pode ser criado em regime de pasto. 

ASCOM/EXPO

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios