Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Os custos de produção de frangos de corte e de suínos calculados pela CIAS, a Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa, voltaram a ter mais um mês de forte alta em abril, acumulando 6,40% e 3,50%, respectivamente, na comparação com março.

O ICPFrango de abril chegou aos 263,02 pontos, o maior valor nominal desde que o índice foi criado. De janeiro a abril deste ano, o acumulado já chega a 13,22%. Apenas os gastos com a nutrição dos animais subiram 11,49% em 2020. Com isso, o custo de produção do quilo do frango de corte vivo no Paraná passou dos R$ 3,19 em março para R$ 3,40 em abril.

Já o ICPSuíno foi aos 263,09 pontos em março, continuando a alta registrada mensalmente desde outubro de 2019. Este também é o maior valor nominal do ICPSuíno desde a sua criação. Em 2020, o índice acumula alta de 9,84%. O custo por quilo vivo de suíno produzido em sistema de ciclo completo em Santa Catarina passou dos R$ 4,44 em março para R$ 4,60 em abril.

Os índices de custos de produção foram criados em 2011 pela equipe de socioeconomia da Embrapa Suínos e Aves e Conab. Santa Catarina e Paraná são usados como estados referência nos cálculos por serem os maiores produtores nacionais de suínos e de frangos de corte, respectivamente.

Confira todos as informações acessando diretamente www.embrapa.br/suinos-e-aves/cias/custos.

Aplicativo Custo Fácil

Disponível para download gratuito, o Custo Fácil auxilia o produtor integrado e a assistência técnica a estimar o custo de produção e obter relatórios para a gestão da granja. O Custo Fácil pode ser baixado em smartphones ou tablets com sistema Android na Google Play Store.

Planilha de custos do produtor

Produtores de suínos e de frango de corte integrados podem usar na gestão da granja uma planilha eletrônica feita pela Embrapa. Ela compara a receita obtida com os custos de produção, acompanhando a geração de caixa da granja e o impacto da prestação do financiamento. A planilha ainda analisa o resultado e apresenta uma estimativa da Taxa Interna de Retorno (TIR) do investimento. Ela pode ser baixada no site da CIAS.

Lucas Scherer Cardoso/Asimp/Embrapa

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.