Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Durante a abertura do webinar Perspectivas para Agropecuária Safra 2021/22 – Edição Grãos, organizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) na quinta-feira (26), a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, ressaltou a importância de se ampliar e aprimorar constantemente os modelos de análises de dados rurais, tarefa que confiou à Conab por considerar de grande relevância para a agricultura e a pecuária do país.

“A Conab tem trabalhado muito para aprimorar os modelos de análise de previsão de área. E agora estamos vendo os resultados. Neste ano, teremos o acréscimo de modelos de séries temporais e modelos econométricos de rentabilidade e de preços reais para a previsão da área agrícola para o próximo ciclo, o que certamente trará um maior refinamento dos dados apresentados. Quero parabenizar mais uma vez toda a equipe da Conab por esses esforços que agora começam a render frutos efetivos”, afirmou a ministra.

O evento das Perspectivas para Agropecuária é realizado anualmente pela Conab e trata da primeira estimativa oficial sobre a área plantada, trazendo dados sobre produção, preços, exportação e consumo para o ano seguinte, neste caso, a safra de 2021/22. Tereza Cristina citou ainda a parceria entre a Conab, o Mapa e o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), com o lançamento do Agromet, uma ferramenta que permite ao produtor saber as previsões do tempo pelo seu celular, para a sua região.

O presidente da Conab, Guilherme Ribeiro, também participou da abertura do webinar e falou sobre a previsão recorde da safra - 289,6 milhões de toneladas -, destacou o recorde na produção de milho e soja, além da permanência do Brasil como o maior exportador de soja do mundo. Ribeiro também mencionou a importância da Conab em prover inteligência agropecuária e o papel estratégico da Companhia em aprimorar metodologias e processos de análises e de levantamento de dados. “A Conab é a única instituição pública brasileira a elaborar um quadro de oferta e demanda das culturas agrícolas.”

O diretor do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), José Ronaldo Souza, afirmou que as perspectivas são positivas para o cenário mundial nos próximos anos e que o agronegócio será favorecido pela tendência de manutenção da alta dos preços internacionais das commodities agropecuárias e pela demanda externa aquecida. Em sua fala, o diretor do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Miguel Ivan Lacerda, deu detalhes sobre o funcionamento do Portal Agromet. “Isso vai revolucionar o modelo que temos sobre risco climático para cultura”, afirmou. Por sua vez, Durval Dourado, professor da Esalq/USP, abordou a modelagem de previsão de área e produtividade.

Sobre as Perspectivas

Nas Perspectivas para a Agropecuária, que chega ao seu oitavo ano, o leitor pode conferir estimativas detalhadas sobre área, produtividade, produção, consumo, exportações, importações, estoques, custos, preços e rentabilidade na Safra 2021/2022, além de um quadro de oferta e demanda, com as variáveis referentes às safras anteriores. O estudo também aborda questões como perspectivas econômicas, tendo como ponto de partida o desafiador cenário mundial.

Nesta publicação, foram adicionados modelos de séries temporais e modelos econométricos de rentabilidade e de preços reais para a previsão da área e produtividade agrícola para o próximo ciclo. Além disso, o documento conta também com cálculos da previsão do PIB Agropecuário em 2022, realizados pelo Ipea com base em dados da Conab.

As Perspectivas para a Agropecuária têm o objetivo de contribuir para a previsibilidade do setor, para a redução das assimetrias de informações e para o aumento da transparência das operações. A partir dos dados apresentados, diversos atores com participação no cenário agro poderão compreender o que esperar para o próximo ciclo e, por meio das análises, tomar decisões de maneira mais estratégica e com maior segurança.
Confira a íntegra da publicação e da apresentação da “Perspectivas para a Agropecuária Safra 2021/22 – Edição Grãos”.
Ascom/Conab

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.