Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Produção e exportação de frango devem subir até 4% em todo o Brasil

O setor avícola nacional segue otimista em relação aos mercados interno e externo. Com projeções de crescimento em produtividade acima de 4% para o país, e de até 5% em algumas regiões, a avicultura brasileira deve continuar ganhando espaço com segurança. O diagnóstico é da Expedição Avicultura, projeto técnico-jornalístico da cadeia produtiva do frango que percorreu os três estados da região Sul.

Em 2015, mesmo com a desaceleração da economia, os abates cresceram 3,58%, enquanto os embarques de carne de frango para o exterior aumentaram 4,87% em todo o país. No Paraná, principal produtor e exportador brasileiro, os números foram ainda mais surpreendentes: 7,30% e 15,60%, respectivamente. Este ano, os índices devem ser mais baixos, mas permanecerão positivos.

“Acreditamos que a avicultura vai crescer a taxas mais adequadas em 2016, com aumento de 5% na produção e manutenção dos 15% em exportação no Paraná. Pode ser que em razão da economia, diminua o consumo interno, então vamos ter de buscar mais o mercado internacional”, avalia o coordenador da Expedição Avicultura e do Núcleo de Agronegócio Gazeta do Povo, Giovani Ferreira.

O diagnóstico final do projeto, que percorreu mais de 5 mil quilômetros pelos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, foi apresentado na quinta-feira (28) durante encontro técnico em Curitiba (PR). O evento ocorreu no Espaço Cultural BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul) e reuniu mais de 80 lideranças políticas e do setor produtivo da avicultura.

Camila Tsubauchi/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios