Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Entidade avalia que trabalho das associações de raça foi irreparável e mostrou a qualidade do trabalho dos criadores

Os resultados da primeira Expointer aberta ao público após o início da pandemia foram muito positivos, segundo o presidente da Federação Brasileira das Associações de Criadores de Animais de Raça (Febrac), Leonardo Lamachia. A entidade é co-promotora do evento, que se encerrou neste domingo, 12 de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio.

Para Lamachia, as expectativas foram superadas em todos os sentidos. “Não foi um sopro, mas um minuano de esperança que invadiu o parque, todo mundo se reencontrando, cumprindo os protocolos, podendo se ver e voltar à vida presencial. Porque a vida é presencial”, enfatizou o presidente da Febrac, destacando também a dedicação dos criadores. “Em termos da exposição, os animais foram um show. A qualidade foi espetacular. O trabalho das associações foi irreparável e gigante. Se essa exposição é grande e respeitada no mundo é pelos animais e a pecuária, não é por nada que dizemos que eles são as grandes estrelas”, afirmou.

Durante a Expointer 2021, a Febrac teve intensa programação. Recebeu em sua casa autoridades como o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, e a ministra da Agricultura, Teresa Cristina, e o Ministro da Agricultura do Uruguai, Fernando Mattos, entre outras personalidades, além de acompanhar a agenda do presidente da República, Jair Bolsonaro. Homenageou representantes importantes do setor agropecuário com o Mérito Febrac, lançou uma revista comemorativa aos seus 18 anos de atuação, disponibilizou uma plataforma de transmissão sem custo para os seus associados, coordenou a transmissão ao vivo do desfile dos campeões e também foi condecorada pela Assembléia Legislativa pelo seu trabalho. “Eu não acredito em obras na vida individuais que sejam exitosas, ou melhor que sejam longevas. A obra é coletiva e, por isso, eu agradeço a todos que fizeram a Febrac nesses últimos quatro anos”, finalizou.

Larissa Mamouna/AgroEffective

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.