Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Queda de produtividade da segunda safra do grão foi ocasionada pela seca

Ciente da queda de produtividade do milho segunda safra provocada pela falta de chuvas, o governo federal vem adotando diversas medidas desde o início do ano para garantir o abastecimento do grão no país, especialmente aos criadores de aves e suínos e produtores de leite.

O 8º Levantamento da Safra de Grãos 2015/16, divulgado ontem (10) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), aponta que a expectativa de produção do milho segunda safra (conhecido como “safrinha”) é de 52,9 milhões de toneladas, 3,1% a menos que as 54,6 milhões de toneladas do ciclo 2014/2015.

Uma das principais medidas já adotadas para minimizar os efeitos da quebra foi a venda de 500 mil toneladas de estoque de milho nos últimos três meses. Em abril, o governo também aprovou a redução a zero do imposto de 8% sob a importação do grão.

Além disso, desde janeiro vendeu 60 mil toneladas de milho balcão e outras 135 mil toneladas já foram deslocadas ou estão em deslocamento para os armazéns da Conab e devem ser vendidas nos próximos dois meses. Após esse período, a companhia planeja comercializar mais 160 mil toneladas, de modo a atender à demanda mensal dos pequenos produtores. O governo ainda negocia novas vendas de estoques, com o objetivo de chegar a 1 milhão de toneladas leiloadas até o final do ano.

“Já sabendo que a safrinha poderia ter queda de produtividade, por ter sido plantada mais tarde e pela seca na região do Matopiba e no Centro-Oeste do país, o governo vem adotando medidas para garantir milho principalmente para os criadores independentes de aves e suínos, animais cuja base de alimentação é o milho”, explicou o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, André Nassar.

Priscilla Mendes/Asimp/Mapa

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios