Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Para garantir o correto preenchimento do censo, que dá acesso a recursos federais, o deputado Alex Canziani pediu apoio ao presidente do Inep, Francisco Soares

Técnicos do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) irão realizar dia 29 de maio um encontro regional no Norte do Paraná para capacitar gestores (prefeitos e secretários de Educação) no preenchimento do Censo Escolar, que é feito pelo Inep e é usado para calcular os repasses de recursos federais à educação. A solicitação foi feita, em Brasília, pelo deputado Alex Canziani (PTB-PR) ao presidente do Inep, José Francisco Soares.

Canziani levou sua preocupação com os prejuízos que os municípios daquela região estão tendo pelo preenchimento errado do levantamento. Os municípios têm de 27 de maio a 27 de julho para preencher o Censo Escolar e mais um mês para retificar as informações prestadas. O Censo será concluído em novembro.

Referência

“O Censo Escolar serve de referência para a formulação de políticas públicas e os dados são utilizados para traçar um panorama nacional da educação básica”, explica Canziani, deputado da educação. Segundo o parlamentar paranaense, o correto preenchimento das informações é fundamental, pois os dados orientam a execução de programas na área da educação, incluindo os de transferência de recursos públicos como merenda e transporte escolar, distribuição de livros e uniformes, implantação de bibliotecas, instalação de energia elétrica, Dinheiro Direto na Escola e Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

O Censo Escolar é um levantamento de dados estatístico-educacionais de âmbito nacional realizado todos os anos e coordenado pelo Inep. Ele é feito com a colaboração das secretarias estaduais e municipais de Educação e com a participação de todas as escolas públicas e privadas do país.

Municípios

Canziani vai agendar com gestores de 60 municípios do Paraná participação no encontro regional acertado com o presidente do Inep. Os diretores das escolas são os responsáveis pelo preenchimento dos formulários e os secretários de Educação devem coordenar todo o processo.

Trata-se do principal instrumento de coleta de informações da educação básica, que abrange as suas diferentes etapas e modalidades: ensino regular (educação Infantil e ensinos fundamental e médio), educação especial e educação de jovens e adultos (EJA). O Censo Escolar coleta dados sobre estabelecimentos, matrículas, funções docentes, movimento e rendimento escolar.

Além disso, os resultados obtidos no Censo Escolar sobre o rendimento (aprovação e reprovação) e movimento (abandono) escolar dos alunos do ensino Fundamental e Médio, juntamente com outras avaliações do Inep (Saeb e Prova Brasil), são utilizados para o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), indicador que serve de referência para as metas do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), do Ministério da Educação.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios