Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

No final de setembro, foi lançada a plataforma #Quanto é? Plantar floresta, que auxilia proprietários e possuidores de imóveis rurais do Brasil a estimarem os investimentos necessários para a recuperação da vegetação nos imóveis e eventuais receitas que ela pode gerar.

A nova ferramenta serve também para ajudar os proprietários e possuidores a conhecerem o custo estimado, para a solução de passivos ambientais existentes em suas áreas, como a reconstituição de reservas legais e de áreas de preservação permanente, conforme exige a Nova Lei Florestal – Lei 12.651/2012.

A plataforma é gratuita e pode ser acessada pelo site: http://quantoefloresta.escolhas.org/, que traz o passo a passo de como usá-la.

A advogada especialista em Direito Ambiental e sócia do Hasegawa & Neto Advogados, Laurine D. Martins informa que essa iniciativa é do Instituto Escolhas, associação civil sem fins econômicos, criado em 2015, com o fim de qualificar o debate sobre sustentabilidade, traduzindo numericamente os impactos econômicos, sociais e ambientais das decisões públicas e privadas.

Fazem parte do Conselho do Instituto economistas renomados, como Marcos Lisboa e Bernard Appy, ex­-secretários de Política Econômica no Ministério da Fazenda; e Daniel Gleizer,ex-­diretor de Assuntos Internacionais do Banco Central do Brasil. Sergio Leitão,Shigueo Watanabe e Eduardo Gussonsão os estruturadores do projeto.

No site do Instituto, há informações detalhadas sobre o método utilizado para a concepção da plataforma e os critérios técnicos e econômicos utilizados para o cálculo dos valores.

“Os proprietários e possuidores de imóveis rurais poderão agora considerar essa ferramenta, para uma tomada de decisão com mais informações”, comenta a advogada.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios