Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Várias atividades estão agendadas em diversas regiões da cidade, e buscam promover a valorização da cultura afro-brasileira

Londrina terá, a partir desta sexta-feira (20), várias atividades em comemoração à Semana da Consciência Negra. Os eventos serão realizados através de apoio e parcerias entre a Gestão Municipal de Promoção da Igualdade Racial da Prefeitura de Londrina, o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (CMPIR), Secretaria Municipal de Políticas para a Mulher e o Instituto do Movimento de Estudo da Cultura Afro-Brasileira (IMECAB). O objetivo principal da Semana da Consciência Negra é apresentar e valorizar a cultura afro-brasileira, presente em diversas áreas do cotidiano.

As atividades começam hoje (20), data instituída como Dia Nacional da Consciência Negra. De acordo com a gestora municipal de Igualdade Racial, Sandra Rocha, a Semana visa mostrar para a comunidade londrinense a importância da cultura afro-brasileira. “Os eventos são organizados de forma a abrir o debate para a questão negra no município. Serão apresentadas a arte, o conhecimento, as religiões e tecnologias da cultura afro-brasileira, que fazem parte do nosso cotidiano, mas que muitas vezes não observamos nem paramos para analisar”, explicou.

As atividades da Semana da Consciência Negra começam na sexta-feira, às 16 horas, com show na Concha Acústica, centro da cidade, com as performances de Os Pellegrini (Samba), Joaquim Braga (Composição), Max Teodoro (Acústico e Nervoso) e Oswaldo Coyote (Blues).
Às 20 horas, ocorre a abertura da 30ª Mostra Afro-brasileira Palmares, na Biblioteca Municipal Pedro Viriato Parigot de Souza, localizada na avenida Rio de Janeiro, 413. No evento também haverá apresentações de um coral de músicas afro-brasileiras, samba de gafieira, e um desfile de moda com roupas afro-brasileiras.

Segundo o presidente do IMECAB, Wagner Nogueira, a Mostra contém trabalhos de 22 artistas de diversos países como Japão, França, Uruguai, Haiti; e de vários estados brasileiros, como São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná. “Essa Mostra tem um caráter educativo, e de promoção da igualdade racial, com quadros, fotografias, esculturas e instalação”, afirmou. A mostra permanece até o dia 15 de dezembro, com entrada gratuita.

No sábado, a partir das 13h30 começa a Feijoada Beneficente Consciência Negra, no Centro de Umbanda Cachoeirinha de Xangô. O centro fica localizado na rua Humberto Picinin, 141, na Vila Guarujá. O valor da entrada é de R$15,00, com bebidas não inclusas, e o evento terá bingo e sorteio de rifa.

Também neste sábado (21), às 20 horas, a Escola Municipal Zumbi dos Palmares recebe a celebração ecumênica “Momento Afro”,que será a culminância das atividades da Semana da Consciência Negra.

No domingo (22), a Associação Feminina É Hora de Viver, no Residencial Vista Bela, promove, o "Sarau da Consciência Negra". O evento, que tem patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura através do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), terá declamação de poesia, desfile de moda, e o primeiro concurso de beleza “Miss Pérola Negra” que será aberto com um desfile afro infantil.

A presidente da Associação, Sandra Maria de Souza convida a comunidade londrinense a participar do evento. “Teremos também oficina de turbantes, grafites, apresentação de maracatu e discussões para conscientizar sobre a questão do negro. Vamos mostrar para Londrina que o Vista Bela tem muitos talentos, inclusive entre os jovens”, disse.

O sarau será realizado na CMEI Vista Bela, na Rua Anníbal Balarotti, 110, a partir das 9 horas. Já o desfile do "Miss Pérola Negra" tem início às 19 horas. O evento também tem apoio da Secretaria Municipal de Políticas para mulher, do CMPIR e da Gestão Municipal de Promoção da Igualdade Racial.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios