Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Cursos, oficinas e workshops geram conhecimentos práticos para produtores e proporcionam compreensão de como o produto chega até o consumidor

Os produtores que participam da 12ª edição da Feira Internacional de Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná (Ficafé), em Jacarezinho, têm a oportunidade de aprender novas técnicas, aprimorar os conhecimentos já existentes e compreender de forma mais abrangente o funcionamento de toda cadeia cafeeira, passando pela produção até o consumidor final.

Durante a Ficafé 2019 são mais de 120 horas de cursos, oficinas e workshops. Um dos eventos técnicos de maior procura tem sido o curso de torra de cafés especiais, ministrado pelo barista e mestre de torra, Daniel Munari.

“É fundamental que os produtores saibam o valor do produto que tem nas mãos. Tenho explicado que a aparência que muitos produtores entendem como boa, não é do melhor grão. Poucos sabiam porque raramente lidam com os profissionais que trabalham no preparo do café para o consumo. Receber estas informações gera um diferencial para eles, que passam a ter uma referência das expectativas do mercado”, explica.

Munari destaca que pode mostrar detalhes que são vivenciados pelas etapas finais da cadeia dos cafés. “Se os produtores sabem como sua produção pode ser melhor aproveitada, poderão aprimorar o manejo e depois a valorizar a venda”, completa.

Outro evento procurado foi o workshop sobre o método de extração expresso, que aborda o método de extração, técnica de vaporização, além da produção de brigadeiro e requeijão de café, além de preparo de drinks.

“Vivemos esse ‘boom’ do café de qualidade e entendo que o ensino de mais técnicas para a produção da bebida induz o consumo de café especial. Então, quanto mais informação sobre este tipo de produto, mais o café especial será consumido. Recomendo o consumo do café regional artesanal nas minhas aulas e tenho certeza que o desta região não fica atrás de nenhum outro produzido no Brasil”, garante o barista e instrutor gastronômico, Giovany César.

Para o visitante Luiz Afonso Gomes, de Ribeirão Claro, os eventos técnicos são uma oportunidade única de aprendizado. “Sinceramente, faz 20 anos que tenho sítio e hoje aprendi mais sobre o café do que nesses anos. É a primeira Ficafé que eu venho, não sou produtor de café, mas depois de tudo que eu vi, começo a pensar em mudar de ramo, especialmente sabendo o apoio prestado pelo Sebrae/PR e Emater para quem quer começar e ainda não entende muito.”

Na quinta-feira, segundo dia de evento, houve ainda palestras sobre empreendedorismo rural, secagem para cafés especiais, cafeicultura familiar, nutrição de cafés especiais, workshop sobre gestão do agronegócio para jovens empreendedores, oficinas e outras atividades paralelas. 

Além do conhecimento

Odemir Capello, consultor do Sebrae/PR, cita que a importância do evento vai além dos resultados gerados pela programação voltada a capacitação. “É um evento técnico, que gera um conhecimento de extrema valia. Mas, o que acontece nos bastidores, as conversas, os novos contatos, as possibilidades de negócio que se abrem também são questões vantajosas aos produtores, que têm contato com toda a cadeia cafeeira e conseguem mais oportunidades a partir destes contatos”, resume o consultor.

A Ficafé 2019 é uma realização do Sebrae/PR, Associação dos Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná (Acenpp), Cooperativa de Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná (Cocenpp), Indicação de Procedência do Norte Pioneiro do Paraná, com apoio da Prefeitura de Jacarezinho, Governo do Paraná, Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Paraná (Seab), Instituto Federal do Paraná (IFPR - campus Jacarezinho), Sistema Faep (Senar, Faep e Sindicato Rural), Iapar, IAP, Associação dos Engenheiros e Agrônomos do Norte Pioneiro (AEANP), Adapar, Associação dos Municípios Norte Pioneiro (Amunorpi), Universidade Estadual do Norte do Paraná (Uenp), CREA-PR, Emater, Cooperativa Integrada, Fecomércio PR, Sesc, Senac e Museu do Café.

Lucas Aleixo/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios