Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Lista com o resultado final das Unidades Multiplicadoras e Demonstrativas está disponível para consulta no site do projeto

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Ministério da Agricultura, da Alimentação, da Pesca e dos Assuntos Rurais do Governo Britânico (DEFRA), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e o Instituto Brasileiro de Sustentabilidade e Desenvolvimento (IABS), divulgaram no dia 15 de janeiro, o resultado com as Propostas Técnicas aprovadas, incluindo novos produtores rurais que agora poderão se beneficiar do Projeto Rural Sustentável (PRS).

Ao todo foram aprovadas 1.892 Unidades Multiplicadoras (UMs) e 46 novas Unidades Demonstrativas (UDs), distribuídas nos 7 estados participantes do Projeto. Para as Unidades Demonstrativas, foram consideradas propriedades rurais de pequenos e médios produtores rurais que já adotam uma ou mais das quatro tecnologias de baixo carbono apoiadas pelo PRS. Para as Unidades Multiplicadoras, foram consideradas propriedades rurais que deverão adotar a partir de agora estas tecnologias.

No Paraná, foram aprovadas 235 Unidades Multiplicadoras e 3 novas Unidades Demonstrativas, distribuídas nos 10 municípios contemplados pelo projeto. 

O processo de adesão dos novos produtores rurais, aconteceu a partir dos Dias de Campo, nas propriedades contempladas nas chamadas anteriores. Esta fase do projeto, serviu como processo de capacitação dos produtores rurais e aproximação dos agentes técnicos habilitados a elaborar e submeter as propostas técnicas dos beneficiados.

Os encontros também promoveram a divulgação das ações do projeto e os benefícios ambientais e econômicos da implementação das tecnologias apoiadas. Só no estado do Paraná, foram realizados 24 eventos de capacitação envolvendo cerca de 600 produtores rurais.

Com a divulgação dos resultados, os agentes de assistência técnica, juntamente com os produtores contemplados, deverão iniciar as ações previstas nas propostas, aumentando assim o volume de áreas destinadas a agricultura e a pecuária, com o uso de tecnologias de baixo carbono.

Marcus Vinicius/Projeto Rural Sustentável

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios