Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Faturamento com exportações também apresenta crescimento e indica que o setor segue firme em sua trajetória de recuperação

O ano de 2014 começa com ótimas notícias para a indústria avícola paranaense. Segundo o Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar), o setor conquistou em janeiro um novo patamar histórico para a produção de carne de frango: mais de 132,43 milhões de cabeças abatidas, um crescimento de 6,49% ante ao mesmo período do ano anterior, quando foram abatidas 124,36 milhões de aves.
 
Já os dados divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), vinculada ao Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), mostram que o faturamento das exportações também cresceu – 10% em relação ao ano anterior – com US$ 164.849.770 faturados contra US$ 149.733.874 em 2013, enquanto o volume apresentou crescimento de 16%, com o registro de 94,03 mil toneladas ante às 80,79 mil toneladas exportados em janeiro do ano passado.
 
Os resultados de exportação indicam que a indústria avícola do Paraná segue firme em sua trajetória de recuperação, com números semelhantes aos apresentados em janeiro de 2012, antes da crise que o setor sofreu a partir do segundo semestre daquele ano em decorrência da quebra da safra de insumos norte-americana.
 
Segundo o presidente do Sindiavipar, Domingos Martins, a expectativa para este ano é que o crescimento da avicultura paranaense seja três vezes superior ao do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. “Eu vejo 2014 como um ano muito promissor, vamos seguramente crescer muito, o triplo do PIB nacional”, afirma.
 
Asimp/Sindiavipar

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios