Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Paraná está preparado para liderar, no Brasil, os projetos de inovação do setor agropecuário. A afirmação é da governadora Cida Borghetti, que participou na sexta-feira (14) do encerramento do programa Empreendedor Rural, no Expotrade Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. O evento, promovido pela Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep), reuniu cerca de 5 mil produtores e trabalhadores rurais.

“A cadeia produtiva do Paraná é a mais próspera do Brasil e com o trabalho feito pela Secretaria da Agricultura e do Abastecimento nos últimos meses, vamos deixar o Estado pronto para assumir a agricultura digital no País”, disse Cida. “O Paraná será o primeiro estado em tecnologia e em inovação porque estamos deixando vários ambientes preparados para isso”, disse a governadora.

Homenagem

Durante o evento, que busca incentivar o empreendedorismo no campo e trouxe nesta edição o tema “Líderes Rurais e Agricultura Digital”, Cida Borghetti foi homenageada pela Faep pela sua contribuição com o agronegócio. Ela recebeu do presidente da entidade, Ágide Meneguette, uma placa com mensagem alusiva ao reconhecimento pelo trabalho realizado.

As iniciativas junto ao Ministério da Agricultura para tornar o Paraná área livre de febre aftosa sem vacinação, a modernização da legislação sobre o uso de agrotóxicos e a regulamentação dos procedimentos para regularização ambiental das propriedades rurais estão entre os motivos da homenagem. “São atitudes que representam um grande avanço para o futuro da produção agropecuária paranaense”, disse Meneguette.

Inovação

O secretário de Estado da Agricultura e Abastecimento, George Hiraiwa, explicou que a pasta desenvolveu hackathons em diversas cidades para buscar soluções tecnológicas para o setor agropecuário. Um exemplo foi o Agrobit, maior feira de agroinovação do País, realizada em novembro em Londrina, no Norte do Estado.

Toda a estrutura da Secretaria, incluindo o setor de extensão rural, está envolvida na inovação, com foco também no pequeno produtor. “Conseguimos deixar várias sementes de inovação em todas as regiões do Paraná. O Estado está pronto para assumir a liderança na digitalização da agricultura no País”, afirmou Hiraiwa. “Várias startups estão chegando para levar eficiência ao campo, com soluções tecnológicas que ajudam o agricultor a ter mais eficiência em seu negócio”, destacou.

Para o presidente da Faep, a inovação tecnológica é uma realidade no campo que precisa ser acompanhada pelos produtores rurais, e programas como o Empreendedor Rural incentivam esse caminho. “As máquinas e equipamentos estão cada vez mais sofisticados e exigem capacitação cada vez mais apurada dos agricultores”, disse.

Líderes Rurais

O encerramento do programa Empreendedor Rural faz parte das atividades do Encontro Estadual de Empreendedores e Líderes Rurais. O programa é uma parceria entre o Sistema Faep/Senar, o Sebrae-PR e a Federação dos Trabalhadores da Agricultura do Paraná (Fetaep). Promovido desde 2003, cerca de 23 mil produtores participaram das ações do programa.

Presenças

Participaram da solenidade os presidentes do BRDE, Orlando Pessuti; da Adapar, Inácio Kroetz; da Emater, Richard Golba; da Fetaep, Ademir Mueller; da Fecomércio, Darci Piana; e da Junta Comercial do Paraná, Ardisson Akel; o superintendente do Sebrae-PR, Vítor Tioqueta; o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel; e o deputado estadual Pedro Lupion.

AEN

Clique nas fotos para ampliar

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios