Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Cooperação foi acertada durante missão coordenada pelo secretário-executivo do Mapa, Eumar Novacki

Brasil e Armênia estabeleceram acordo de intercâmbio de informações científicas no setor agrícola. A primeira visita de cientistas armênios à Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) está prevista para maio do próximo ano. A cooperação entre os dois países foi acertada durante encontro entre o secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Eumar Novacki, e o primeiro-ministro do país, Karen Karapetyan.

A Armênia foi o último país visitado pela missão do Mapa à Europa e à Ásia, comandada por Novacki, para ampliar a participação do agronegócio brasileiro no comércio mundial. O secretário-executivo revelou que também ficou acertado que os dois governos vão promover um encontro entre empresários do setor agropecuário para intensificar os negócios bilaterais. Os principais produtos exportados pelo Brasil para os armênios são carne suína, café, açúcar e fumo.

A visita ao país é resultado de um memorando de entendimento assinado entre os presidentes do Brasil e da Armênia em agosto deste ano. O presidente Michel Temer manifestou interesse na aproximação com o país asiático, que tem importante papel econômico na região. A Armênia ingressou recentemente na União Econômica Euroasiática (UEEA) – também formada pela Rússia, Bielorrússia, Cazaquistão e Quirguistão – e vem se consolidando como um grande centro regional de distribuição de mercadorias.

A missão comandada por Novacki teve início no dia 30 de setembro, com a participação do secretário-executivo no painel da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), em Roma, no qual falou sobre “Tendências de longo prazo dos preços das commodities e desenvolvimento agrícola sustentável”.

Em seguida, Novacki esteve no Japão, onde negociou a retomada da exportação de carne termoprocessada e iniciou as negociações para a abertura de carne in natura. Na Rússia, foi acertada a vinda de uma missão, já no início de dezembro, para inspecionar plantas frigorificas de carnes bovina, suína, aves e lácteos.

Asimp/Mapa

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios