Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Produto Interno Bruto (PIB) estadual cresceu 1% no terceiro trimestre de 2019. O maior crescimento no comparativo com o mesmo período de 2018 foi no setor agropecuário, com alta de 10%. A projeção do Ipardes para o PIB do ano é de crescimento de 0,7%.

O Produto Interno Bruto (PIB) do Paraná cresceu 1% no terceiro trimestre de 2019 em relação ao mesmo período de 2018, e 0,1% na comparação com o segundo trimestre deste ano. Foi a segunda variação positiva consecutiva, de acordo com dados do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes).

A projeção do Ipardes para o PIB estadual de 2019 é de crescimento de 0,7%, em contraste com a queda de 0,4% observada em 2018 e em três dos últimos cinco anos já analisados - 2014, 2015 e 2016. No acumulado dos primeiros nove meses de 2019, o PIB paranaense avançou 0,13%, puxado principalmente pela expansão da produção industrial (2,3%).

Segundo análise do Ipardes, a projeção para o ano leva em conta a continuidade do dinamismo da produção industrial, a retomada do consumo, o aumento da produção de energia elétrica e a estabilidade climática para o agronegócio, o que ajuda a impulsionar o setor de comércio e serviços.

No terceiro trimestre de 2019 o destaque foi exatamente o setor agropecuário, com alta de 10,01%. O crescimento foi de 0,43% em relação ao trimestre imediatamente anterior. A indústria cresceu 1,89% na comparação com o mesmo período de 2018 e recuou -0,39% na comparação com o resultado dos três meses anteriores. O setor de serviços recuou levemente nos dois balanços: -0,47% e -0,17%, respectivamente.

O ritmo de crescimento do Estado já vinha sendo registrado por outros dados de órgãos como o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), vinculado ao Ministério da Economia, e o Banco Central (Índice de Atividade Econômica Regional).

“A produção industrial paranaense cresceu 6,9% no acumulado dos primeiros onze meses de 2019, também criamos quase 75 mil novos empregos. Atraímos mais de R$ 23 bilhões em investimentos privados no ano passado. Isso mostra que o Paraná está na vitrine e, aos poucos, reverte a trajetória negativa da economia”, aponta o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

Safra

O pesquisador Daniel Nojima, diretor de Estatística do Ipardes, aponta que o clima deve permitir boa recuperação da primeira safra de grãos em 2020, o que contribui para o crescimento paranaense ao longo dos próximos trimestres. “Além disso, o aumento na demanda por crédito agrícola, a progressiva recuperação do mercado de trabalho, e as melhores perspectivas da economia brasileiras reforçam a trajetória de crescimento do Estado”, acrescentou.

O PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos no Estado e serve para medir a evolução da economia. As projeções para 2020 e 2021 indicam crescimento estável, na casa de 2%.

PIB Nacional

O PIB nacional do terceiro trimestre de 2019 cresceu 1,2% em relação ao mesmo período do ano retrasado e 0,6% na comparação com o trimestre anterior, segundo o IBGE. Os principais destaques foram a agropecuária (1,3%), indústria (0,8%) e construção civil (1,3%).

O órgão também revisou o resultado do PIB do segundo trimestre para uma alta 0,5%, ante leitura anterior de 0,4%. O resultado do primeiro trimestre foi revisado para 0%.

Boletim da Fazenda mostra alta da atividade econômica no Estado

Boletim elaborado pela Secretaria de Estado da Fazenda mostra que a atividade econômica no Paraná segue em alta, com crescimento de 2,45% nos últimos 12 meses (até outubro de 2019), conforme o Índice de Atividade Econômica Regional do Banco Central. O balanço registra também aumento de 1,6 ponto no Índice de Confiança do Empresário Industrial do Paraná (ICEI) em dezembro, em relação ao mês anterior.

O boletim, que faz uma compilação de todos os indicadores econômicos importantes para o Paraná, foi criado em outubro de 2019 e é publicado mensalmente na página da secretaria (www.fazenda.pr.gov.br).

A publicação aponta, entre outros dados, que o comércio paranaense mostrou sinais de crescimento (+3,2%) em outubro de 2019, em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Acesse o boletim completo.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.