Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

ABCCC construiu protocolos rígidos para dar sequência ao ciclo de seleção da raça em atividades no Parque de Exposições Assis Brasil

Realizada no último final de semana, a credenciadora de inéditos do ciclo do Freio de Ouro organizada pelo Núcleo da Sexta Região reabriu o calendário de seletivas da raça Crioula. A atividade no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), foi o primeiro teste da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) em relação às medidas sanitárias adotadas contra o Coronavírus para dar continuidade às provas de seleção após a autorização do governo do Rio Grande do Sul.

Segundo o presidente da entidade, Francisco Fleck, a associação conseguiu cumprir com êxito este desafio, sendo a primeira atividade equestre no Brasil a ter seu reinício após o período de isolamento social. “Tomamos medidas no controle de entrada. Apenas tiveram acesso ao local os ginetes, veterinários, trabalhadores, o proprietário direto do animal sem parentes e público e a organização. Todos tiveram medida sua temperatura diariamente e responderam um questionário sobre sintomas. Foram marcados locais nas arquibancadas respeitando as medidas de distanciamento, com distribuição de máscaras e álcool gel e pias para lavar as mãos espalhadas no local”, destaca.

A partir desta medida, o dirigente avalia que será possível realizar as atividades de seleção para terminar o ciclo de 2020. Fleck ressalta que neste período estavam agendados mais de 500 eventos oficiais e a ABCCC decidiu realizar apenas 11 atividades de seleção com todos estes cuidados e sempre no Parque de Exposições Assis Brasil que tem esta estrutura adequada para implementar estas medidas. “Estamos muito empenhados em colaborar com a não disseminação do vírus e também manter parte desta atividade econômica que gera mais de 300 mil empregos e quase R$ 2 bilhões em geração de valor e renda para as pessoas. Desta forma podemos enfrentar estas duas batalhas, sanitária e econômica, com muita seriedade”, observa.

O protocolo foi construído em conjunto com a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre e teve como coordenador o diretor técnico da casa, Ricardo Kroeff. Outras atividades estão programadas para os próximos finais de semana, entre elas o Bocal de Ouro, que ocorrerá entre 18 e 21 de maio de 2020. Para o público aficionado na raça Crioula, as provas podem ser acompanhadas via internet por transmissão nos canais da ABCCC pelo site www.abccc.com.br, Facebook e Youtube.

Nestor Tipa Júnior/AgroEffective

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios