Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A produção de café no estado do Paraná está estimada em 873,4 mil sacas do produto do tipo arábica. O resultado é reflexo direto da menor área em produção da cultura. Se no ano passado os agricultores destinaram 35,68 mil hectares para a cultura, neste a área chegou a 33,25 mil hectares, redução de 6,8%. Já a produtividade se manteve praticamente estável, com uma ligeira queda de 0,5%, ficando em 26,3 scs/ha. Os dados foram divulgados nesta semana pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), durante o 3º Levantamento da Safra de Café 2021.

Mesmo com uma produtividade próxima à estabilidade, o clima alterou o rendimento e a qualidades dos grãos obtidos. O déficit hídrico, registrado ao longo de 2020, afetou o potencial produtivo desta safra. Além disso, os eventos climáticos adversos, como estiagens prolongadas e incidência de geadas, aceleraram o ciclo e as operações de colheita.

Parque cafeeiro no estado

O Paraná registra um aumento de 6,6% em seu parque cafeeiro, totalizando 146,3 mil covas. Tanto as covas em produção, como as em formação registraram crescimento. As primeiras passaram de 127.800 mil para 133.000 mil, elevação de 4,1%. Já a ampliação das covas em formação chega a 41,5%, passando de 9.400 mil para 13.300 mil.

Ascom/Conab

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.