Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Promoção da bebida é uma das atrações do evento, que será realizado nos próximos dias 2, 3 e 4 de outubro; inscrições já podem ser feitas no site www.ficafe.com.br

Leandro Donatti/Asimp/Sebrae
 
Uma das novidades da Feira Internacional de Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná – FICAFÉ 2013 serão as cafeterias nos estandes do  Sebrae/PR e da Associação dos Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná (ACENPP).  Baristas, experts em café, vão servir aos visitantes bebidas diferenciadas preparadas à base do grão. O evento já está na sua sexta edição e será nos próximos dias 2, 3 e 4 de outubro, em Jacarezinho, no norte pioneiro paranaense.
 
A FICAFÉ 2013 terá ainda um espaço ‘batizado’ de “Origens do Norte Pioneiro”, onde os 12 núcleos que participam do Projeto de Cafés Especiais vão apresentar os blends dos melhores cafés. “Os cafeicultores selecionaram cafés acima de 84 pontos, de acordo com a tabela SCAA, uma metodologia internacional utilizada para estabelecer uma pontuação para o produto. Os atributos dos grãos também serão destacados”, diz Odemir Capello, consultor do Sebrae/PR e gestor do Projeto de Cafés Especiais.
 
O consultor explica ainda que são definidos como cafés especiais aqueles que alcançam a pontuação mínima de 80 pontos na tabela SCAA.
 
Além de estimular a realização de negócios, a FICAFÉ destaca-se por promover os cafés certificados e de qualidade junto aos compradores do mercado nacional e internacional. As degustações são uma espécie de ‘vitrine’ para apresentar ao público o produto que será comercializado nas rodadas de negócios. “O evento é uma ferramenta de marketing para evidenciar a qualidade e os atributos únicos dos grãos da região, como uma forma de valorizar o produto”, ressalta Odemir Capello.
Ele acrescenta que o evento também é uma ótima oportunidade para estreitar o relacionamento entre os torrefadores e produtores de cafés especiais e certificados do Norte Pioneiro.
 
Projeto de Cafés Especiais
 
O lançamento do Projeto de Cafés Especiais, idealizado pelo Sebrae/PR e pela ACENPP, em 2006, mostrou a nova realidade do mercado de cafés e norteou os agricultores para um novo modelo de produção. Antes focada na quantidade, a cultura do grão, no Norte Pioneiro, ganhou uma nova diretriz: a produção de cafés especiais. Hoje, o Projeto conta com 300 produtores, divididos em 12 núcleos.
O objetivo principal do Projeto de Cafés Especiais é levar conhecimento para os agricultores que se dedicam à agricultura familiar nas lavouras de café na região. As informações sobre as boas práticas de manejo, além do direcionamento para a produção de cafés de qualidade e certificados, aumentaram a rentabilidade dos cafeicultores e diminuíram a evasão do campo.
 
Até agora, o resultado mais expressivo do Projeto de Cafés Especiais foi a conquista da Indicação Geográfica de Procedência (I.G.P.), no ano passado. O selo garante a origem, os processos de produção e algumas características sensoriais dos produtos de uma determinada região, conferindo-lhes destaque no mercado brasileiro e internacional.
 
Realização
 
A FICAFÉ 2013 é uma realização do Sebrae/PR, ACENPP, Cooperativa de Cafés Especiais Certificados do Norte Pioneiro do Paraná (COCENPP), além do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SEAB), do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), da Associação dos Municípios Norte Pioneiro (Amunorpi), da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep), do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Paraná (CREA-PR), Sicoob, Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Associação dos Engenheiros e Agrônomos do Norte Pioneiro (AEANP), Território da Cidadania Norte Pioneiro, Unimed, Banco do Brasil e  Instituto Federal Sul de Minas.
 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios