Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

“Olhar” a propriedade os 360 dias do ano e num formato de 360 graus é essencial e um dos objetivos do Projeto 360 da Belagrícola, que acompanha e avalia o sistema produtivo em toda a sua extensão. O produtor terá a oportunidade de conhecer mais profundamente o Projeto participando da programação especial do Belasafra entre os dia 26 e 29 de janeiro, que pode ser acessada via endereço eletrônico belasafra.live, com entradas ao vivo, dicas e um circuito de campo.

O Projeto 360 viabiliza que o potencial das culturas de verão e inverno seja avaliado de forma que contribua para a sustentabilidade econômica (alternância na renda), ambiental e social dos sistemas de produção da propriedade.

A diversificação de culturas de inverno, o acréscimo de uma terceira safra ao sistema, contribuindo comercialmente e também com o aporte de carbono, volume de resíduos (palhada), em alternância ou de forma consorciada e a melhor estruturação do solo são possibilidades, que o produtor tem e que deve ser estudada e orientada por um técnico.

Segundo o Coordenador do Belasafra, Fernando Melatti, no evento, consultores da Belagricola estarão à disposição do produtor para orientação e planejamento mais dirigido do ciclo do sistema produtivo da propriedade. “É necessário avaliar clima e solo da região, o potencial dos materiais a serem trabalhados, as informações das últimas safras, enfim levantar dados essências que viabilizem resultados inovando ou potencializando o processo existente”, explica Melatti.

Fernando Melatti dá vários exemplos que podem ser realizados neste planejamento, como potencializar o milho no inverno; o trigo como cultura comercial em uma 3ª safra; o sorgo como cultura de apoio; opção de plantas de cobertura nos intervalos potencializando e melhorando a estrutura do solo; um consórcio de milho com braquiária, que além de ser uma alternativa para a descompactação e proteção do solo, pode até ser utilizado no sistema lavoura-pecuária. Enfim, alternativas que proporcionam sustentabilidade e ganhos de produtividade.

Andrea Monclar/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios