Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O governador Beto Richa anunciou nesta segunda-feira, o programa estadual voltado às boas práticas no campo. Com o tema Plante seu futuro, a iniciativa busca conscientizar os produtores rurais para que adotem técnicas mais sustentáveis de plantio

Agência Notícias PR

O anúncio foi feito em Curitiba, durante a solenidade de premiação do Programa Agrinho 2013, desenvolvido pelo Sistema Federação da Agricultura do Paraná (Faep)/Senar-PR. A premiação teve a presença do vice-governador e secretário estadual da Educação, Flávio Arns. “Buscamos uma agricultura mais sustentável. Temos na agricultura a força da nossa economia, mas queremos uma produção mais racional, com menos custos e um ambiente mais sadio”, afirmou Richa, na presença do presidente da Faep, Ágide Meneghetti, e representantes de entidades do setor agrícola.

A campanha terá como tema a adoção de práticas de manejos integrados de solos e águas, de pragas, de doenças e de plantas invasoras, tecnologias de aplicação de agrotóxicos e controle de formigas cortadeiras. Só a aplicação dessas técnicas resolve de 80% a 90% os problemas de erosão e perda de solo fértil.

“Perdemos muito tempo no que se refere às práticas corretas em relação ao meio ambiente. É importante encorajarmos esta visão crítica e, acima de tudo, de cidadania, nas novas gerações”, disse Richa. O programa será lançado na primeira semana de novembro, nos municípios de Cascavel, Londrina, Maringá e Ponta Grossa. Coordenado pelo Governo do Estado, a medida foi idealizada em parceria com várias entidades do setor, como a Faep e Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar), e também por órgãos como o Ministério Público. O objetivo é ajudar o agricultor a produzir com qualidade e reduzir os custos de produção das lavouras com o uso racional dos agroquímicos. Serão realizados seminários regionais para definir as tecnologias existentes e disponíveis mais eficazes para cada região do Estado. Na sequência, acontecerão treinamentos para técnicos e produtores rurais sobre como colocar em prática os métodos que foram escolhidos de acordo com a área de plantio. Outras ações, como dias de campo e reuniões técnicas com agricultores, também estão previstas. “Será um trabalho permanente, uma grande ação da sociedade paranaense para adotar estratégias rumo a um modelo de produção sustentável, seguro e ambientalmente correto”, disse o secretário da Agricultura, Norberto Ortigara. 

Beto Richa afirmou que o programa Agrinho está em sintonia com os objetivos do novo programa do Governo do Estado. Em sua 18ª. edição, o Agrinho 2013 envolveu 1,5 milhão de estudantes e 80 mil professores de escolas públicas e privadas de todo o Paraná. O objetivo foi estimular o desenvolvimento de trabalhos em áreas como saúde, ética e meio ambiente, para conscientizar jovens. O tema deste ano foi Comunicação em rede – uma ligação entre o campo e a cidade. “É o maior programa social do Brasil. Estamos contribuindo para uma geração melhor”, disse o presidente da Faep, Ágide Meneghetti. Como prêmio, os melhores trabalhos – de alunos e professores coordenadores – recebem carros, computadores, celulares e outros aparelhos eletrônicos. Allison Amaro da Cruz, de 12 anos, é natural de Uraí, no Norte Pioneiro. Ele foi o quinto colocado na categoria “especial” do programa, com um desenho sobre o meio ambiente. “Foi muito legal para aprender sobre o meio ambiente”, disse. A professora Rosângela Pinheiro foi coordenadora de Allison, e disse que a maior satisfação foi ver no aluno o aprendizado e a intenção de colocar em prática na vida aquele ensinamento. “Isto é cidadania. Uma parceria entre a educação e entidades privadas. Um avanço para a economia e a conscientização de nossos alunos em relação ao meio ambiente”, ressaltou o vice-governador Flávio Arns. Participaram da solenidade secretários estaduais, deputados federais e estaduais, prefeitos e representantes de entidades do agropecuário.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios