Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Governo do Estado oferece benefício complementar no seguro rural e gerencia a aquisição de máquinas e implementos para os produtores. Em tempos de pandemia, ações foram ainda mais importantes para os produtores.

Atividade bastante dependente de condições climáticas e de fatores não controláveis, como a pandemia do coronavírus, a agropecuária tem no seguro rural um importante auxiliar para a proteção da renda. Para baratear os custos, o Governo do Paraná é um dos poucos que conta com um programa estadual de subvenção econômica ao prêmio do seguro, complementar ao oferecido pela União.

Em 2020, aproximadamente 5,7 mil produtores paranaenses beneficiaram-se da subvenção estadual. O Governo dobrou o volume normalmente colocado à disposição dos produtores e ofereceu a possibilidade de contratação de até R$ 15 milhões. Desse montante, foram efetivamente utilizados pouco mais de R$ 12 milhões para segurar mais de 303 mil hectares.

Os triticultores procuraram mais essa garantia para suas culturas, com 73% do volume segurado, o que corresponde a R$ 8,78 milhões. Outros 17%, ou pouco mais de R$ 2 milhões, foram segurados pelos produtores de milho segunda safra. Entre as outras principais culturas que se beneficiaram do valor restante estão feijão, cevada e uva.

Trator Solidário

O programa Trator Solidário tem foco no agricultor familiar. Os interessados podem adquirir máquinas, implementos e equipamentos a preços mais acessíveis. Os financiamentos seguem regras estabelecidas para a linha Pronaf Mais Alimentos e chegam a custar em torno de 15% menos que o valor pago no mercado comum.

Em 2020, a Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento registrou o faturamento de 120 máquinas, num total de R$ 14,2 milhões. Foram entregues 113 tratores e sete colhedoras.

Outros processos ainda estão em andamento. Para tratores, são 427, que totalizam R$ 46,3 milhões. Também tramitam os documentos para a compra de cinco colhedoras, no valor de R$ 1,5 milhão, e de quatro pulverizadores, que custarão R$ 109,5 mil.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.