Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

As férias estão aí! Para as crianças é um tempo muito importante, para descansar e, principalmente, para brincar. É época de aproveitar os pais, avós, irmãos, amigos e primos; para passear, assistir filmes, comer coisas diferentes, enfim, brincar e se divertir sem ter hora para começar ou terminar. Já que, no dia a dia, nem sempre é possível aproveitar esses momentos, devido à rotina de trabalho dos pais e da escola.

No entanto, é também um período de muitas turbulências já que elas vêm cheias de expectativas e planos para as férias. Por isso, manter a ordem e preencher o tempo delas é bem exaustivo. Agradar a todas as crianças, fazer com que entrem em acordo sobre as brincadeiras, estimulá-las a respeitar a opinião de outras, são realidades típicas do período de férias.

E se entre irmãos já é difícil controlar as brigas, imagina acrescentar os primos, que com toda certeza são ainda mais diferentes do que os irmãos. Por isso, é importante que sejam acompanhados durante esse tempo. Porém, não se esqueça que são crianças e logo se entenderão, até a próxima briga. Deixar que se entendam é essencial para que aprendam a lidar com situações diversas. Porém, é legal mostrar que, mesmo diante das diferenças e dos desacordos, ter alguém para brincar e aproveitar o tempo de férias é bem mais divertido.

É essencial deixar as crianças livres para criarem suas brincadeiras, proporcionar-lhes passeios, mesmo que em um parque próximo, para que consigam sentir que realmente é um tempo especial, onde o ponteiro do relógio trabalha diferente de quando elas têm que ir para a escola, onde há um tempo definido para tudo.

Para as férias se fazem muitos planos, mas, em alguns momentos, pode ser que as crianças fiquem ociosas e queiram se prender a celulares, tablets e computadores, por isso, é importante incentivá-las a usar a imaginação. Criar brincadeiras dinâmicas e jogos divertidos, sempre são boas opções!

Aproveitar o tempo de férias entre irmãos e primos é essencial para estreitar os laços de amizade, manter-se próximos. Viver bem esse tempo é comer a comida da vovó e poder construir algo mais importante do que um carrinho ou um prédio de legos; é construir histórias, lembranças que levarão para sempre.

Durante este período de brincadeiras intensas há um enorme amadurecimento emocional, cognitivo e social. As crianças retornam para o próximo período escolar bem mais dispostas a aprenderem coisas novas, já que vêm cheias de vivências e histórias para contar.

Aline Tayná de Carvalho Barbosa Rodrigues é Licenciada e Graduada em Psicologia e  Pós-graduada em Psicopedagogia e Psicomotricidade. Atua como Psicóloga Escolar no Instituto Canção Nova, com crianças do Ensino Fundamental I.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.