Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Sim, precisamos ter a coragem e o desapego necessários para dizer: “fica com Deus 2021” e seja bem-vindo 2022! Entregar a Deus tudo o que vivemos nesse ano que passa e abrir nossa mente e coração para as coisas novas que Deus tem reservadas para nós.

Nesse tempo de balanço e revisão de vida, é fundamental estabelecermos metas a serem atingidas com perseverança, progredindo sempre em todas as dimensões da vida. Tenho o hábito de dividir essas metas em etapas, com a finalidade de saber se estou progredindo em cada etapa das metas propostas. A experiência mostra que é necessário marcar pontos concretos de melhora, mais próximos que a meta final, principalmente para mantermos a motivação e superarmos o desânimo.

O mundo hoje exige de cada um de nós uma superação diária. Vivemos em meio a uma grande competitividade, onde vence quem é mais inteligente, mais rico, quem realiza melhores negócios. Claro que precisamos sempre superar nossos limites, mas é preciso ter em nosso coração uma certeza: estamos de acordo com a vontade de Deus.

Não alcançaremos a meta desejada, por nós mesmos, precisamos da ação divina. Precisamos ser ousados na fé, orando sem cessar, rezando com insistência e perseverança, sem desanimar. Superar todos os nossos limites e fraquezas é uma conquista diária que, por nós mesmos, não conseguiremos. Precisamos do auxílio do Santo Espírito de Deus, somente assim chegaremos à meta desejada.

Também é importante sabermos quando uma etapa chega ao final. Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perderemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver. A perseverança nos leva a compreender que mudanças fazem parte da vida, elas abrem portas para novos caminhos que podem ser mais claros e melhores. Mudanças nem sempre são fáceis, mas nos levam para frente. É um desafio! É preciso viver uma verdadeira superação. É necessário que tenhamos fé. A mudança pode ser uma chance para encontrarmos o que sempre desejamos.

Quando propomos metas para o futuro, devemos prever possíveis problemas e estratégias para superá-los, quando aparecerem. A previsibilidade é parte da virtude da perseverança. Os imprevistos sempre são mais difíceis de superar do que o que levamos em conta ao estabelecermos o projeto. E aqui, três perguntas podem nos ajudar nessa travessia do ano que passa para o ano novo: O que eu vou deixar desse ano? O que devo levar para o próximo ano? O que preciso começar ou recomeçar?

Certamente, devemos deixar tudo aquilo que não foi bom, que não edifica; levar conosco apenas as coisas boas, que somam, que agregam; e começar o ano novo com novos propósitos, transformados em atitudes!

Seja qual for o nosso projeto de vida, só conseguiremos atingir nossas metas pela graça do Senhor, perseverando na fé e superando todas as dificuldades próprias de cada um. A perseverança é fundamental em nossa vida, e nunca devemos parar no negativo que temos, olhar sempre para frente, lembrando que o hoje, com Cristo, é melhor do que tudo que já passou. Este é o segredo dos fortes: perseverança e superação. Assim alcançaremos o Céu!

Padre Bruno Costa é missionário da Comunidade Canção Nova e autor dos livros: “Frases que nos levam a Deus” e “Lutar sempre, desistir jamais”. - imprensa@cancaonova.com

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.