Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A coisa tá feia pro Moro. Em vez de ver “decolar” sua candidatura como desejavam e profetizavam os entusiastas dela logo que o ex-juiz se filiou ao Podemos, o que se viu desde então, de forma rápida e contundente, foram as apostas de sucesso de sua empreitada eleitoral rumo ao Palácio do Planalto se dissiparem como fumaça.

Esse vexame já era de se esperar por dois motivos. Primeiro: a “traição” do ex-aliado da Besta ao deixar o governo evaporou (se não totalmente para alguns, substancialmente para toda a direita que antes o endeusava) sua credibilidade e confiança junto a esse público.

Segundo: as sucessivas derrotas de Moro e vitórias de Lula no STF, desmoronando tudo o que o ex-super herói de toga havia construído naquele universo jurídico paralelo chamado Lava Jato, reacenderam o entusiasmo da esquerda por Lula ao mesmo tempo em que trouxe de volta para uma paquera eleitoral com e ex-metalúrgico aqueles 30% da população que não são petistas nem antipetistas e que flertam, ficam, envolvem-se, deixam-se conquistar pelos encantos do candidato galanteador do momento, independentemente do bafo ideológico que ele exala.

Quem diria, né doutor Sergio? A vida, a política, o Brasil, são bem mais complicados do que aquele mundinho das leis, com todas aquelas nuances imaginárias, subjetivas e manipuláveis, como “domínio do fato” etc., com as quais o senhor se divertia brincando de rei num país de leigos a tudo o que se refere essa outra dimensão do espaço-tempo chamado Poder Judiciário brasileiro.

Data venia, bom ostracismo ao ex-excelentíssimo.

Edson Vitorete – Jornalista em Londrina - PR

(https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2022/01/06/moro-recebido-com-vaias-aeroporto-joao-pessoa-pb.htm)

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.