Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Para desgosto de seus algozes, Bárbara Destefani, do canal “Te atualizei”, vai entrar para a história e para o futuro da comunicação social no Brasil. Ninguém como ela conseguiu realizar tanto, de modo tão criativo, com poucos recursos, mobilizando para isso um invejável leque de talentos.

Sua ironia e sua posição politica incomodaram a Corte. Seus membros, habituados às máximas vênias, lisonjas, rapapés – e às próprias ironias – têm-se como credores eternos dessas incondicionais reverências.

Na guerra que travam contra a vontade popular consagrada nas urnas de 2018, procederam como generais de um alto comando, cortando estrategicamente as fontes de suprimento do inimigo. Dizendo agir em nome da democracia, atropelando a Constituição, o Supremo censura dezenas de jornalistas, veículos de comunicação, influenciadores, youtubers e sites ditos “de direita”.

No último dia 26/08, o ministro presidente de STF, com uma retórica de faroeste, foi bem enfático: “É preferível evitar que o cão morda”. Ele justificava as ações ordenadas por Alexandre de Moraes. Contudo, é preciso dar adeus à razão e à sensibilidade para não ver nelas o uso abusivo do poder de Estado. Não é à toa que a sociedade se sente ao desabrigo, numa “democracia” sem ouvidos, que sequer consegue sustentar com aprumo seu aspecto formal.

O leitor talvez tenha observado que só as fake news atribuíveis à direita são objeto de punição. Todos os cotidianos maus tratos à verdade proporcionados por jornalistas, analistas, grupos de comunicação, formadores de opinião e youtubers – de esquerda – estão resguardados  no lado esquerdo do peito dos poderes reais da República.

Bárbara Destefani, com seus vídeos, trouxe riso e conforto para milhões de brasileiros que se percebem ínfimos perante seu Supremo. O silêncio daquela jovem dói em mim. Ofende-me o Estado que lhe toma a fonte de subsistência.

 Percival Puggina (76), membro da Academia Rio-Grandense de Letras, é arquiteto, empresário e escritor e titular do site www.puggina.org, colunista de dezenas de jornais e sites no país. Autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia; Pombas e Gaviões; A Tomada do Brasil. Integrante do grupo Pensar+. - puggina@puggina.org

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.