Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Pesquisa mostra que voltar a participar de celebrações é a atividade prioritária para maior parte dos brasileiros

Em meio a retomada das atividades de todos os setores após a vacinação em massa da população brasileira, a empresa Bateiah fez um levantamento sobre o que os brasileiros têm como prioridade no pós-pandemia e 26% responderam que voltar a frequentar a Igreja é a atividade prioritária. Mesmo com todos os cuidados sanitários, as Igrejas vêm retomando suas atividades aos poucos e o público retornando as celebrações.

 “Se você entender o ser humano como corpo, alma e espírito, entenderá que a alma também tem que ser nutrida na fé. E, por isso, eu acredito que as Igrejas sempre foram e sempre serão um serviço essencial. Mesmo seguindo todas as normas das autoridades sanitárias, a fé é essencial. Negar isso é alegar que somos somente matéria. Por isso, as pessoas estão sedentas por Deus e para retomarem presencialmente nas Igrejas. Se pudéssemos estar mais presentes na fé, as pessoas estariam mais animadas, mais protegidas do ponto de vista da vida espiritual.”, diz Padre Reginaldo Manzotti.

Voltar a frequentar presencialmente a Igreja é destaque entre os mais velhos, principalmente para as pessoas com idade de 40 e 49 anos. Segundo o estudo, isso se deve ao fato de a maioria dos fiéis cristãos no Brasil ser formada por pessoas com idade mais avançada. Mas, para o Padre Reginaldo Manzotti, vem crescendo constantemente o número de jovens que acompanham as celebrações. “A pandemia da Covid-19 afetou todos os brasileiros, independente da sua idade. Mas notei que os jovens, principalmente os que estão ingressando na vida adulta, se sentiram um pouco mais perdidos, sem saber em que direção deveriam remar durante os meses de incertezas que vivemos. E durante as transmissões das missas e Adorações ao Santíssimo, que eram feitas pelo YouTube, comecei a notar que este público estava cada vez mais presente durante as celebrações”.

E a procura por celebrações online cresceu 266%, segundo um levantamento feito pelo Google. Padre Manzotti compartilha que também se deparou com um aumento significativo de visualizações em suas transmissões desde o mês de março de 2020. “Desde o ano passado, temos uma média de 100 mil pessoas que assistem as missas diárias e em torno de 60 mil pessoas que acompanham simultaneamente a Adoração ao Santíssimo Sacramento, que acontece toda quinta-feira, a partir das 19h. Isso só comprova que a fé é primordial para nos revigorar, é o combustível para uma vida repleta de esperança e era exatamente isso que todos procuravam durante os momentos difíceis que a pandemia instaurou”, fala o sacerdote.

Padre Reginaldo Manzotti - Sacerdote, escritor, músico, compositor, cantor e apresentador de rádio e TV, o padre Reginaldo Manzotti ao completar 25 anos de sacerdócio, decidiu se reinventar e inovar mais uma vez em prol da evangelização.

Antenado com as mídias digitais, o sacerdote tem 7.3 milhões de seguidores no Facebook, 3.8 milhões de seguidores no Instagram, 2.87 milhões de pessoas inscritas em seu canal do YouTube, 699 mil seguidores no Twitter e 221 mil em seu canal Vevo. Seu portal, www.padrereginaldomanzotti.org.br, recebe mais de 1 milhão de acessos mês.

Sacerdote que evangeliza pelos meios de comunicação, o padre apresenta programas de rádio e televisão que são retransmitidos e exibidos em mais de 1680 emissoras do país, além de outros países como: Inglaterra, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Angola, Paraguai, Bolívia e Uruguai.

www.padrereginaldomanzotti.org.br

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.