Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Um vírus (algo insignificante ante a dimensão da raça humana) gerou-nos a mais profunda crise, pelo menos dos tempos modernos: crise existencial.

Demonstração eloquente da correção da filosofia de Jean Paul Sarte: a existência precede a essência.

Quer isso dizer que nossas elucubrações, sistemas de pensamento, ideias e conceitos sobre o significado do homem sobre a terra, sucedem às vicissitudes da existência. Não há formulações cognitivas anteriores às cruas contingências da vida material, ideias inatas, tampouco dissertações anteriores à contingência física, que possam ser admitidas como verdadeiras. Este momento tornou isto muito claro.

E se a existência é anterior à essência, as condições materiais nos condicionam antes de qualquer formulação filosófica, teológica, antes de qualquer idealismo. Um invisível, a olho nu, vírus, foi a prova.

Não há dialética idealista e tampouco da natureza ou histórica. Inexiste plano preestabelecido. Destino traçado, um grande plano universal fora do qual estaríamos equivocados.

Por mais que isto nos destrua, o certo é que vivemos respondendo às cabeçadas às variáveis incontornáveis da natureza. Num plano divino não estaria implantado o coronavírus, simplesmente porque não há esse plano.

Não se quer dizer que energias superiores nos guiem; mas não nos comandam. São elas que concedem ao homem a capacidade conceitual capaz de superar os adversários da natureza. E os homens - somente eles - os capazes de produzir a inteligência necessária à vida.

Revirados de perna para o ar seculares modos de viver, estamos compelidos a adaptar costumes, reformular projetos, nossos seres se tornam abruptamente agentes de condutas completamente distintas.

Venceremos o vírus. Porém, o novo momento histórico nos imprimirá marcas indeléveis.

Amadeu Garrido de Paula, poeta e ensaista literário, é advogado, atuando há mais de 40 anos em defesa de causas relacionadas à Justiça do Trabalho e ao Direito Constitucional, Empresarial e Sindical. Fundador do Escritório Garrido de Paula Advocacia e autor dos livros: "Universo Invisível" e "Poesia & Prosa sob a Tempestade". Ambos à venda na Livraria Cultura.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios