Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

- Grande pequeno Marquinhos! Como você está amigo?

- Estou bem, apesar dos pesares.

- O que aconteceu para te deixar tão agoniado?

- Conheci uma garota.

- E isso é motivo pra você ficar amuado desse jeito?

- É que tem um pequeno problema.

- O quê? Vai me dizer que ela é ele?

- Não! Nada a ver. É que ela é um pouco alta para mim.

- Desculpa amigo, mas você é um pouco pequeno para algumas mulheres.

- Não precisa zoar né cara. Mas na verdade ela tem um metro e oitenta e cinco.

- Caramba! Ela é alta mesmo. É até mais alta que eu!

- E agora imagina perto de mim que tenho um metro e cinquenta e nove?

- Tá Marquinhos, mas isso também não é motivo para o relacionamento entre vocês não dar certo.

- Eu sei. Entre nós dois não há problema algum. Ela diz que gosta de mim e que não se importa por essa diferença de altura.

- Então qual é o problema?

- O problema é o que os outros vão falar. Imagina a zoação que vai ser quando virem aquele mulherão ao lado de um homenzinho como eu.

- O que é isso cara? Cadê a autoestima? O amor próprio? E outra, se ela é um mulherão e está com você, isso é motivo para você se orgulhar.

 - Mas já estou escutando as brincadeirinhas, que ela arrumou um filho para criar ou que agora ela tem um chaveirinho novo...

- Cara, ouça meu conselho, não importa o que os outros dizem. O que importa é o que o seu coração diz. Se você está a fim dessa garota, não deixe que uma simples diferença de altura atrapalhe esse amor e o que as pessoas dizerem tem que entrar por um ouvido e sair pelo outro.

- Nossa cara, essas palavras bonitas estão me animando.

- Claro! Você pode ter certeza que te chamando de baixinho ou brincando por você namorar uma mulher mais alta não passará de inveja.

- Estou bem mais contente agora meu amigo. Eu gosto dessa garota realmente é como você disse não vou deixar que pessoas invejosas estraguem esse sentimento com palavras e brincadeiras sem graça.

- Grande Marquinhos! E já que você é meu amigo, darei um presente para você impressionar ainda mais essa garota.

- Nossa! O quê?

- Uma escadinha...

Rodrigo Alves de Carvalho nasceu em Jacutinga (MG). Jornalista, escritor e poeta possui diversos prêmios literários em vários estados e participação em importantes coletâneas de poesia, contos e crônicas. Em 2018 lançou seu primeiro livro individual intitulado “Contos Colhidos” pela editora Clube de Autores. rodrigojacutinga@hotmail.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios