Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Mulher, quem te ama não te aprova, mas acolhe a sua verdade

Cada mulher traz uma menina dentro de si. Uma menina, muitas vezes, com a alma machucada, que precisa de colo, afeto e atenção. Uma pequena menina que precisa ser ouvida e compreendida para se sentir “afirmada” e feliz. Essa alma de menina persiste em cada coração feminino.

Todavia, justamente quando na infância, as experiências foram duras e o amor não soube vencer, essa menina tende a não crescer e a dominar a mulher em questão, que já acumulou idade, mas, não conquistou maturidade. Lamentavelmente, existem muitas que até tem um corpo e idade de mulher, mas estão aprisionadas à criança que dentro delas não soube crescer, isso pelo fato de que, as feridas interiores ainda não foram devidamente curadas.

Assista ao vídeo: Insegurança

Confira aqui a apresentação da série, o primeiro vídeo! 

É precisamente na infância que a maioria das feridas emocionais e desequilíbrios começam, principalmente, a partir do relacionamento que cada criança estabelece com seus pais. De maneira especial, a relação que uma menina constrói com seu pai, vai interferir diretamente na forma como a futura mulher irá se enxergar, podendo até influenciar seus relacionamentos amorosos. Essa é uma realidade que até a ciência atual ratifica com propriedade.

Quando o pai é presente, como um exemplo positivo de homem que sabe valorizar sua pequena “princesa”, isso gera ecos muito saudáveis no interior dessa mulher em formação. Contudo, não se entristeça caso, hoje, você perceba que lhe faltou esse afeto paterno “de base”, tenha calma e fé para trabalhar e transformar sua história e procure concretamente adentrar em um processo de cura emocional a partir da experiência com o amor de Deus Pai, que é capaz de preencher todo e qualquer vazio, diante do afeto e presença que talvez tenham faltado em sua história. Ele é capaz de restaurar todas as coisas, revelando ao teu coração o paterno amor que sempre te amou e cuidou, mesmo quando seus olhos ainda não eram capazes de perceber.

Referências:
Livro: A Cura da Alma Feminina (autor: Padre Adriano Zandoná);
Pesquisa apresentada pelo site: http://www.paisefilhos.com.br/pais/tal-pai- tal-namorado-marido/?offset=880 04.01.2017.

Padre Adriano Zandoná - Padre Adriano Zandoná é missionário da Comunidade Canção Nova. Formado em Filosofia e Teologia, tem quatro livros publicados pela Editora Canção Nova e participação em dois CDs de oração e apresenta o programa “Pra ser Feliz”na TV Canção Nova.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios