Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Com a chegada do Natal muitos consumidores já fazem planos para as compras de final de ano. Pesquisas mostram altos índices de endividamento em 2015 e de índices elevados de inadimplência em 2016, portanto o ideal é controlar o orçamento para não ocorrer complicações futuras.

É nesta época do ano em que mais se consome e se compra sem necessidade! Entretanto para que consumidor fuja do endividamento e comece 2018 um pouco menos sobrecarregado financeiramente segue algumas indicações:

1-Avalie a situação:

O primeiro passo será avaliar a situação financeira. Isso deve ser feito por meio do orçamento doméstico.

2- Não compre por impulso:

Antes de sair às compras, é necessário efetuar uma lista, constando tudo que realmente você precisa adquirir para o período. Isso evita chegar à loja e escolher algum produto por impulso ou porque não tinha certeza se aquilo era mesmo necessário.

3- Durante as compras:

Presenteie com aquilo que fica possível em seu bolso e some o que está gastando para evitar surpresas posteriores, evitando parcelar em muitas vezes, pois passadas as festas a dívida continua.

4- Use e abusem da internet:

Com a popularização da internet nos últimos anos, ficou muito mais fácil pesquisar e comparar os preços. Os preços de alguns produtos chegam a variar mais de 20% de uma loja para a outra, por isso, o ideal é fazer um levantamento entre diferentes estabelecimentos para que os gastos não pesem no bolso.

5- Benefícios para o futuro:

Não comprometa seu orçamento nos meses seguintesde dezembro, janeiro e fevereiro com as compras de final de ano adquirindo tudo em muitas parcelas ou usando o cartão de crédito em excesso. Lembre-se que o início de ano é cheio de despesas, como mensalidade e material escolares, férias e impostos, como IPTU e IPVA.

Apesar do alerta, lembramos que, atualmente, economizar não é sinônimo de passar vontade. Com planejamento dá para encontrar os amigos e família para celebrar as festas e de quebra atender aos desejos dos filhos.

Carla Graziela Porto, colaboradora do escritório Giovani Duarte Oliveira, responsável pelo setor de Cobrança. Graduada em Processos Gerenciais e graduanda em Direito.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios