Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Um presente é para ser doado. É por isso que quando pensamos em ser um presente na vida de alguém, inevitavelmente pensamos em oferta, doação, amor e partilha. Até porque, o maior presente que podemos dar a uma pessoa é nosso amor transformado em gestos concretos, às vezes bem simples, mas que dão um sentido especial aos nossos dias. Amar verdadeiramente é a maior e mais nobre de todas as ofertas!

Recordo-me, por exemplo, de situações nas quais eu, concretamente, não tinha nada a oferecer, estava me sentindo vazia e triste, e recebi um abraço e uma palavra amiga de alguém. Era o presente que eu mais precisava naquela hora, e marcou tanto minha vida que jamais esqueci. Por outro lado, já recebi ofertas com valor material até alto, porém passaram com o tempo e já nem me recordo delas. O que fica é o essencial, e o amor que damos e recebemos é sem dúvida o presente que prevalece.

Nesta época em que tradicionalmente vivemos as confraternizações e a troca de presentes, vale lembrar que não é o valor material que fará o gesto ser valioso, mas o amor que o envolve. Muitas vezes, doar algo que seja de uso pessoal e tenha um valor mais afetivo do que material, fará muito mais sentido do que simplesmente ir a uma loja e comprar um presente caro. Nosso coração tem sede de verdade, ternura e simplicidade, é por isso que gestos simples envolvidos pelo amor fazem tanta diferença em nossa vida. Vestirmo-nos com zelo e colaborarmos com nosso visual, por exemplo, pode não parecer, à primeira vista, mas principalmente em um relacionamento amoroso, é uma forte expressão de amor para a outra pessoa. Cuidar da própria saúde também é uma expressão de amor próprio e amor àqueles que Deus nos confiou. Um pai que se cuida para ter boa saúde e poder estar por mais tempo ao lado dos filhos e da esposa, está dizendo com atitudes que deseja ser um presente valioso e duradouro para a sua família.

E são atitudes assim, simples e concretas que nos transformam em presentes vivos neste mundo que tanto carece de amor. Então vamos repensar nossa forma de dar presentes neste fim de ano?  São atitudes novas que fazem o ano ser realmente novo!

Não se preocupe com feitos grandiosos, pois o desejo de amar, de certa forma, já é amor, assim como o desejo de acertar já é um passo para o acerto. Você pode começar sorrindo com gratuidade para a próxima pessoa que encontrar! Existem momentos em nossa vida nos quais  tudo o que mais precisamos é de um sorriso e você pode dar esse presente a muitas pessoas ainda hoje.

Mantenha acesa a chama do amor! Esta é uma escolha desafiante e enriquecedora, que precisa ser diária, pois amor é mais decisão do que sentimento. Não desista de amar, no ponto em que você se encontra, ouse seguir em frente. Dê um passo de cada vez, mas não pare. Lembre-se que “quem ama, sempre vence” e o amor fará de você um vencedor, um valioso presente!

Dijanira Silva é missionária da Comunidade Canção Nova, autora dos livros “Tenha um ótimo dia! – Palavras de encorajamento e fé” e “Por onde andam seus sonhos?”, pela Editora Canção Nova, e apresentadora da Rádio América em São Paulo.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios