Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

- Telefonia Celular, serviço de atendimento ao cliente bom dia!

- Bom dia. Eu gostaria de cancelar um seguro que havia feito pelo celular.

- Desculpe senhor, mas o senhor teria que falar direto com a seguradora. Vou passar o número, por favor anote...

(Vinte minutos esperando o atendimento da seguradora...)

- Seguradora ICC bom dia. Em que posso ajudar?

- Eu gostaria de cancelar um seguro que fiz com vocês.

- Por que senhor?

- Porque vocês disseram que eu pagaria apenas quinze reais a mais na conta do celular e nesse mês vocês cobraram quarenta e dois reais a mais!

- Só um minuto senhor...

(Dez minutos depois...)

- Senhor... está aí? ... Sim... Olha, segundo a apólice que enviamos para o e-mail do senhor num arquivo PDF, consta que nos primeiros seis meses o valor seria de quinze reais e depois disso haveriam outros acréscimos.
- Eu não vi nada disso, nem sei o que é esse negócio de PDF. Cancela!

- Mas senhor, esse seguro cobre todo e qualquer tipo de acidente, além de uma indenização de até duzentos mil reais em caso de invalidez permanente. Cobre também todos os gastos com hospitais, médicos, exames... em qualquer doença que possa ocorrer...

- Eu sei, eu sei, mas não quero mais esse seguro. Se eu precisar ligo pra vocês outra hora, mas agora quero cancelar!

- Senhor, nós podemos abaixar o valor mensal para dezessete reais e quarenta e cinco centavos e o senhor continua com todos os benefícios já existentes.

- Não! Eu quero cancelar. Não preciso de seguro nenhum. Será que não dá pra você entender. Nem sei porque fui aceitar aquela maldita ligação para fazer esse maldito seguro!

- Entendo senhor. Então podemos abaixar ainda mais o valor e o senhor vai pagar apenas nove reais e noventa e nove centavos...

- Não quero seguro nenhum! Caramba! CAN-CE-LA!

- Tudo bem senhor, estou cancelando...

(Uma dor no peito e o telefone cai ao chão).

- Filho! Acho que estou enfartando! Corre aqui!

(O filho chega e vê o pai caído no chão se contorcendo com a mão sobre o peito. Imediatamente o leva para o hospital). Enquanto isso, a telefonista encerra a ligação:

- Senhor, Já cancelamos seu seguro. Tenha um bom dia. Obrigado!

Rodrigo Alves de Carvalho nasceu em Jacutinga (MG). Jornalista, escritor e poeta possui diversos prêmios literários em vários estados e participação em importantes coletâneas de poesia, contos e crônicas. Em 2018 lançou seu primeiro livro individual intitulado “Contos Colhidos” pela editora Clube de Autores.

Colabora com crônicas para jornais de Jacutinga, Mogi Guaçu - SP e Londrina - PR. Também já escreveu para jornais e Blogs Literários de diversas cidades do Brasil.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios