Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

É um alento o posicionamento justo e inteligente do ministro do STF Luis Roberto Barroso ao defender a descriminalização das drogas no Brasil.

É inexplicável que nosso país gaste 2 mil reais por mês para encarcerar um jovem que usou ou carregava pequenas porções de droga e que necessitava apenas de tratamento médico ou psicológico.

Não podemos fingir que as drogas não existem, pois sabemos que ela está em todos os lugares e afeta a vida de todos, é necessário que haja educação e oportunidades para os jovens ocuparem o tempo com atividades saudáveis.

Enquanto diversos estudos e experiências de outros países demonstram que a repressão e a violência matam mais do que o uso das drogas e a legalização gera prejuízos gigantescos ao crime organizado, criando empregos, renda e impostos.

Bom lembrar que somente com campanhas educativas e aumento de preços, o consumo de cigarros despencou no Brasil.

Será que teríamos o mesmo resultado se o cigarro fosse proibido ou só aumentaria o contrabando? Fica a pergunta aos proibicionistas.

Daniel Marques - historiador - Virginópolis MG - danielmarquesvgp@gmail.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios