Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Mudanças estão acontecendo... Graças a Deus não se ouve falar em corrupção, mas, infelizmente, o país sério, o presidente sério, esta decepcionando e perdendo credibilidade. Quem não valoriza a imprensa, a liberdade de imprensa em seu país, não merece crédito. É através da imprensa, desta mesma imprensa que Bolsonaro esta propagando em suas redes sociais que: não é para assistir nenhuma emissora de TV, que não é para ler nenhum jornal, é esta mesma imprensa que esta propagando GRUATUITAMENTE, as “Campanhas de Vacinação, Doação de Sangue, Doação de Órgãos, Prevenção da Dengue, do COVID-19” e, tantas outras campanhas, orientando e levando educação ao povo brasileiro. É esta mesma imprensa que denunciou tantas corrupções, que ajudou a mostrar a podridão que existia em nosso país. E é também esta mesma imprensa que elevou e elegeu o presidente Bolsonaro.

“Quando o chefe maior de uma nação faz um trabalho sistemático para descredibilizar o trabalho da imprensa, isso afeta diretamente a democracia. Por quê? Porque a democracia precisa da imprensa, do jornalismo, dos jornalistas para se efetivar. É por meio das notícias que o cidadão e a cidadã se informam sobre o que está acontecendo no país e podem se posicionar sobre os fatos, os acontecimentos”, disse a presidente da Fenaj, Maria José Braga.

A imprensa, escrita, falada, televisionada e hoje também, através das mídias sociais, representa o quarto poder e, sempre foi e será uma alavanca para cultura, a educação e o desenvolvimento de uma nação.

Se existe político corrupto, irresponsável, também pode haver profissional da imprensa que seja corrupto, irresponsável. Mas, porque radicalizar? Porque será que existe tanto ódio? Porque Bolsonaro é contra a imprensa? Seria falta de Cultura e Educação? Seria medo?

Porque será, presidente Bolsonaro?

Debochar da imprensa, que é um serviço essencial, não faz parte da cultura e da educação de uma nação.

Valdemir Camargo – Diretor do Grupo União de Comunicação - GRUCom

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios